Itaquerão, quem não sabia?

As declarações de Andres Sanchez à revista Época comprovam o que vinha sendo dito pelo Blog desde outubro de 2010.

Aliás, tudo o que foi publicado aqui sobre o estádio tem sido comprovado.

Primeiro, nunca existiu o tal”patrocinador” que Rosemberg dizia, seria anunciado em outubro, fevereiro, maio….

O presidente do Corinthians deixou claro o papel do marketing:

“O Luis Paulo cuidou do parafuso da ruela”.

Quem lê o Blog sabia que nenhuma empresa privada viabilizaria o estádio com “namming rights”. A conta não fechava. Só fecharia com dinheiro público e empreiteira ligada ao governo. No futuro é claro que haverá patrocinadores, provavelmente empresa estatal ou ligada a FIFA, mas nunca para viabilizar a construção bilionária.

Segundo, o estádio foi viabilizado pela dupla Lula/Odebrecht e custará mais de R$ 1 bilhão.

Sanchez confirmou como foi viabilizada a operação e qual o verdadeiro custo do estádio:

“Quem fez o estádio fui eu e o Lula. Garanto que vai custar mais de R$ 1 bilhão. Ponto. A parte financeira ninguém mexeu. Só eu, o Lula e o Emílio Odebrecht (presidente do Conselho de Administração da Odebrecht).

Repórter: – O dia em que essa história vier a público, vai ficar feio para quem?

“Não vai ficar feio pra ninguém. Vai ficar, talvez, não imoral, mas difícil para o Lula.
”

Repórter: – Por quê?

“Porque vão falar: Pô, como é que uma empreiteira se submete a fazer isso? Por que o presidente pediu?”.

Depois que a Época foi publicada, Andres Sanchez assinou nota no site do clube tentando desmentir a revista, mas mentira tem perna curta. A entrevista foi gravada e disponibilizada à imprensa. No site da Época você encontra o áudio original:

http://colunas.epoca.globo.com/politico/2011/10/01/a-entrevista-de-andres-sanchez-a-epoca/

Pois é, quem lê o Blog sempre soube que o estádio custaria mais de R$ 1 bilhão.

Eu hein, parece coisa de “gangster”.

 

Foto Leonardo Wen/Folhapress 

Comentários

comments

  • 129 Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *