Navegação de Posts

Simulação no Itaquerão é uma afronta à população

Os leitores deste Blog já sabiam. A decisão do prefeito Kassab de liberar dinheiro público para beneficiar única e exclusivamente o Itaquerão foi imoral. Até aí, nenhuma novidade. Os leitores sabiam que o Itaquerão só seria viabilizado com dinheiro público, que nenhum centavo sairia dos cofres do clube durante a construção e a Odebrecht construiria a obra.

Quem acreditou nos “patrocinadores” acredita em Papai Noel.

Sabíamos que ninguém entraria nesta aventura. Depois de construído tudo bem, antes jamais. Os pinóquios foram desmentidos. Até agora ninguém fala dos custos de aquisição dos terrenos onde serão construídos os novos dutos, quem pagará a remoção, etc…

Não existe transparência na operação do Itaquerão, apesar do dinheiro público.

É tudo mistério.

O público de São Paulo não tem a menor noção do que está acontecendo. E, como o assunto envolve futebol, as opiniões são 100% emocionais, 0% racionais. Se o clube do fanático for beneficiado, a roubalheira é válida. Simples. Para os fanáticos irracionais, um roubo justifica o outro, e assim caminha o Brasil.

Vejo uma grande confusão na discussão sobre “incentivos fiscais”.

Durante a gestão Marta Suplicy o governo municipal criou uma medida para incentivar empresas a investirem na região de Itaquera. Isso não deu resulatdo, mas foi válido. É desta forma que a cidade deve crescer, viabilizar novos bairros, distribuir riqueza, etc…

Todos os bairros mais carentes precisam de incentivos fiscais.

São Paulo cresceu assim. Neste caso, é absolutamente normal a construção de metrô, transporte público, iluminação, ruas, avenidas, calçadas, esgoto, saneamento básico… É obrigação do Governo. Empresas privadas não são responsáveis pelas obras públicas.

Levar mobilidade urbana até o Itaquerão é válido.

O tema é: “Dinheiro público na construção de estádio privado”. Isso é imoral.

Não estamos discutindo dinheiro público para desenvolver uma região. Isso é ótimo.

Depois da fracassada aventura do Piritubão, Kassab e Marcos Cintra resolveram criar uma medida para beneficiar só o Itaquerão. Contra a vontade da imensa maioria da população, a dupla decidiu liberar R$ 450 milhões do povão só para o Itaquerão.

Ora, criar uma lei para beneficiar uma única entidade privada é imoral. É ilegal.

Para legalizar a safadeza, a Prefeitura resolveu fazer uma simulação de concorrência.

Leia trechos da matéria da UOL:

A publicação da concorrência da prefeitura é uma manobra jurídica. É que a prefeitura de São Paulo, quando resolveu conceder o incentivo fiscal de R$ 420 milhões à empreiteira Odebrecht e ao Corinthians, donos do estádio em construção, esbarrou em um problema legal: não é permitido criar um incentivo direcionado exclusivamente a um ente particular. Se o objetivo da concessão de crédito tributário de R$ 420 milhões era promover o desenvolvimento econômico e social da zona leste, é preciso que a prefeitura permita que qualquer empresa se candidate a construir um estádio e fazer jus ao incentivo fiscal.

“Fui consultar o Diário Oficial do dia 3 de março e constatei que realmente a prefeitura abriu esta concorrência absolutamente sem sentido”, conta Marcelo Milani, promotor da seção de proteção ao patrimônio e social da capital. Milani já comanda um inquérito civil que apura possíveis irregularidades na concessão de benefícios fiscais da prefeitura paulistana ao estádio do Corinthians. “Já inclui a apuração deste novo fato no inquérito. Seria risível se não fosse trágico demais. Trata-se de uma afronta à legalidade”, disse o representante do Ministério Público.

Fala sério.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

79 ideias sobre “Simulação no Itaquerão é uma afronta à população

  1. façam as contas: eles se intitulam uma nação de 33 milhoes, ok RSRS? o estádio custará 1,1 bilhão, faça como faziam com as ações da antiga TELESP. uma cota para cada um e pronto.

  2. fernando sampaio, quisera ver pelo menos uns 50 jornalistas com a sua qualificação profissional,ao publicar materias mostrando a população o que a de sujo nos bastidores da politica Brasileira,O Estado de SÃO PAULO,economicamente sendo o de maior do BRASIL,e com tantos emprendimentos,que deveriam ser feitos em beneficios do povo,hospitais,escolas,transportes ,alias fazem mais de 6o anos que ouço os politicos dizendo que vão melhorar a saúde, os transportes, e a educação. hoje com a internet não faz sentido ter
    mais de 500 deputados federais um monte de senadores e milhões de vereadores para não fazerem nada o povo poderiam fazer as votações pela internet e economizar BILHOÕES DE REAIS,

  3. O que você acha da isenção fiscal na compra de papel jornal e insumos para empresas de jornalismo? Elas não obtém lucro com venda de anúncios e exemplares?


    Sérgio,

    Sou absolutamente favorável, até porque país sem jornalismo é país sem livre pensar.

    Quanto ao lucro não conheço empresa privada feita para dar prejuízo.

    A lei que você menciona pode ser utilizada por TODAS as empresas jornalísticas.

    TODAS.

    Neste caso você mesmo pode abrir um jornal, embora não seja muito rentável atualmente.

    Conforme está escrito no post, mas obviamente você não leu, ou não quer ler, sou favorável a Lei criada pela Marta Suplicy que deu incentivos fiscais para TODAS as empresas que investissem na região de Itaquera. A lei foi criada para beneficiar uma montadora que acabou não se instalando na região, mas os incentivos poderiam ser utilizados por TODAS as empresas. Ninguém utilizou, mas poderia.

    Sou favorável também as leis de incentivo ao esporte e cultura, abertas para TODOS os clubes, TODAS as empresas, TODAS as federações, TODAS as confederações, TODAS as indústrias, TODA a sociedade.

    Discordo do critério de aprovação dos projetos, mas a princípio apóio as leis do esporte e cultura.

    Apóio inclusive a criação de um centro de treinamento para a CBT desenvolver o tênis brasileiro. Sou favorável a cessão do terreno pela Prefeitura desde que o centro seja aberto ao público, tenha projetos sociais e possa ser utilizado pela sociedade, como acontece em Flushin Meadows onde é disputado o US Open em NY, no Crandom Park onde é realizado o Masters de Miami, e vários outros espaços explorados pela iniciativa privada, mas abertos ao público. Sou favorável a qualquer medida que diminua a participação do estado.

    SOU ABSOLUTAMENTE CONTRÁRIO A CRIAR UMA LEI EXCLUSIVA PARA DAR 450 MILHÕES A UMA ÚNICA EMPRESA.

    A Lei do Kassab beneficia só CORINTHIANS E ODEBRECHT.

    Nenhuma outra empresa, nenhum outro estádio, nenhum outro clube, nenhuma outra empreiteira poderá ter o mesmo benefício, pois a Lei do Kassab foi criada SÓ PARA CORINTHIANS/ODEBRECHT.

    Sou absolutamente contra, até porque o clube deve milhões em impostos.

    Liberar R$ 1 bilhão para quem deve imposto é inaceitável. É imoral.

    abs,
    FS

  4. Fernando,

    O estádio do Morumbi foi construído na fazenda da família da Leonor de Barros, você estudou no Santo Américo, conhece bem a história da região, existe uma escritura, mesmo assim porque o pessoal fala que o terreno era público?


    Fábio,

    O que não falta no Brasil é ignorância.

    Poucas pessoas conhecem sua própria história.

    Aliás a casa da Fazenda é linda, existe até hoje.

    abs,
    FS

  5. Grande Sampaio,

    Parabéns pela coragem falar dessa vergonha.

    Sampaio infelizmente em terra de povo acefalo,carneiro,acomodado e sem atitude como é povo brasileiro,os politicos ditam e rolam com o nosso dinheiro.

    • FS, bom dia:
      Concordo com você quando diz que: liberar dinheiro público para quem deve imposto é imoral – perfeito! Contudo, entendo que você faz confusão quando interpreta a questão dos incentivos. Deixamos os bairrismos de lado, mas a lei foi criada para trazer uma montadora (empresa privada). Não entendo o problema de ser Montadora – Supermercado ou Clube de Futebol! Qualquer clube que queira construir um CT ou Estádio na mesma localidade gozaria do mesmo benefício.. o problema é que é o Corinthians e o clube caiu na boca do povo como APITO AMIGO – CBF – ANDRÉS&RT aí não pode nada.

  6. Sou sãopaulino, e digo que o estádio de SP para a Copa do Mundo (sinceramente gostaria que nem fosse aqui no Brasil), já que o Morumbi foi vetado por aquele velho fanfarrão a quem eu tenho nojo, deveria ser a Arena Palestra do Palmeiras, que é bem localizada e, até onde eu sei, será efetivamente construída com dinheiro privado. Não é possível que a maioria dos corintianos, fanáticos, não veja ou finja não saber que a construção desse estádio é uma roubalheira sem tamanho! O financiamento do estádio do Corinthians é ilegal e não justifica o gasto. O governo não pode beneficiar a esmo qualquer empresa privada. Aquele estádio será só um elefante branco, erguido às custas do povo. É um monumento caríssimo que será construído enquanto a população não tem educação, saúde e transporte público de qualidade, coisas que deveriam ser as reais preocupações do governo. NADA justifica o uso dessa dinheirama no estádio. NÃO HÁ NADA que justifique isso. O pior cego, é aquele que não quer ver.

  7. FS bom dia. Parabéns pelo seu blog e suas opiniões. Gostaria de saber sua opinião a respeito de uma dúvida que tenho: você acha que o projeto inicial do estádio do Corinthians, a ser fechado com a Odebrech por 400 milhões, sem Copa do Mundo envolvida, e sem participação nenhuma de dinheiro público, seria realmente viabilizado? Concluindo: o clube usou a copa do mundo ou a copa do mundo usou o clube?

    Abraços.


    Mário,

    O projeto inicial em Guarulhos era de R$ 450 milhões.

    Era viável sim, existiam empresas interessadas.

    Este da Copa, mais de R$ 1 bilhão, não fecha sem dinheiro público.

    abs,
    FS

  8. MINISTÉRIO PÚBLICO: VAMOS. AGIR???!!
    INVESTIGUEM COM SERIEDADE!!!!
    REQUEIRAM A PARALISAÇÃO DAS OBRAS!!…..O QUE ESTÁ ACONTECENDO É UMA AFRONTA AO POVÃO QUE PAGA OS TRIBUTOS AOS COFRES PÚBLICOS, COM GRANDE SACRIFÍCIO!!
    AFINAL DE CONTAS, VOCÊS SÃO NOSSOS REPRESENTANTES………

  9. Sou contra os beneficios para todos os times de São Paulo.

    O Palmeiras esta construindo um estádio novo com Alvará de reforma. Ou seja, simulação de reforma. Ilegal.

    O São Paulo construiu Cotia com dinheiro publico, através de incentivos ao esporte.

    O São Paulo está fazendo gestões para que a prefeitura lhes forneça gratuitamente um terreno e construa um estacionamento para o estádio do Morumbi, usando obras de entorno do metro.

    Todos os times de SP tem seu CT em terreno público.


    Ailton,

    Vamos lá.

    Acho que existe um estádio no terreno do Palmeiras, pelo que me lembro chama Palestra Itália. Portanto, entendo perfeitamente ser uma “reforma”. Mas a Prefeitura não entende assim, já no caso do Itaquerão entendeu qualquer coisa, aprovou tudo urgentíssimo.

    O São Paulo construiu o CT de Cotia com dinheiro de empresas que utilizaram benefícios fiscais sim, o São Paulo e mais trocentos clubes, federações, atletas, fundações em todo Brasil. A lei é para todos, não exclusivamente para o Itaquerão. Até o Guga e o Larri aprovaram projetos na Lei de Incentivo ao Esporte.

    Sou totalmente favorável, embora o apadrinhamento na aprovação dos projetos possa ser discutida.

    O São Paulo está pedindo um terreno público para fazer o estacionanemto do Morumbi? Sou totalmente contra. Assim como o clube comprou o terreno na fazenda de Dona Leonor, tem que comprar este também. Sou contra dar terreno público para construção de estádio ou estacionamento privado como foi o caso do Itaquerão.

    Já em relação ao Edifício Garagem, uma garagem pública, sou totalmente favorável.

    Em relação aos CTs, que você não citou, sou favorável a cessão dos terrenos aos clubes de futebol, federações e confederações… Eu mesmo defendo o CT do Tênis. Mas estas áreas devem ter utilização pública, como acontece no US Open em Nova Iorque, Crandom Park em Miami… No caso de alguns CTs de clubes de futebol isso não está sendo realizado, não vejo objetivos sociais, mas sim receitas e lucros privados, como no caso do Itaquerão.

    abs,
    FS

  10. Parabéns ao jornalista. Ações como este incentivo fiscal são revoltantes. Não dá para entender a passividade das pessoas e principalmente da imprensa, não só esportiva, mas toda a imprensa. Qual o orgulho, para uma cidade, em abrir uma copa do mundo, se diferenças sociais gritantes permanecem expostas diariamente ao mundo todo. Talvez na política do pão e circo, este é o circo que faltava. Abertura da copa é esquecida na segunda rodada, mas o absurdo dos gastos público para entidades privadas serão eternos.

  11. FS, quem esta atras destas maracutaias e Sr. MULA, lembra da entrevista do Sr. Andres (amigo de bicheiro) que falou que o estadio custaria 800 milhoes, questionado que o preço ficaria em torno de 1.100 bilhao, quem bancaria a diferença, simplesmente respondeu, quem sabe e o LULA, agora entendo porque a França exigiu certa empreiteira para construir o estaleiro no RJ e esses acordos nefastos ao povo dos partidos politicos.Quando o pais perde a soberania merece um chute nas nadegas. Os politicos berraram mas abaixaram de quatro perante as exigencias da FIFA., para a lei geral da Kopula.

  12. O Ministério Público tnha que agir em cima disso e parar de ficar vendo BBB da vida …. tinham que além de embargar essa obra, fazer como que o senhor Kassab, Cintra e Andrés “Gangster” Sanches tirassem do PROPRIO BOLSO esse valor para custear o estádio particular … isso sim seria um belo exemplo … mas sei que isso não iria acontecer … ou pelo menos poderia abrir uma CPI e interrogar o Sr. Kassab para ele explicar como ele chegou a conclusão que era melhor contruir um estádio do zero com dinheiro público do que reformar um dos melhores estádios do país com dinheiro privado …. seria uma boa, com transmissão ao vivo … ;)

  13. Caro Fernando Sampaio:
    Gostaria de retornar ao assunto “Valcke não serve mais”.

    Talvez, o comentário como eu coloquei, tenha motivado entendimento contrário ao que eu queria.
    O processo da corrupção no futebol brasileiro não deu em nada. O destaque entre parantese do Deputado Aldo Rebelo, foi p/mostrar que o mesmo não deve ser levado a sério.
    É incompetente até para enviar carta de protesto para o local correto da
    séde da Fifa !.
    A maioria dos projetos colocados por esse deputado na Assembleia, são insignificantes.
    Seria muita ingenuidade minha, acreditar que no projeto Copa 2014, não haja corrupção, atrasos (não só nos estádios) e superfaturamento.
    Superfaturamento maior, ocorrerá quando estivermos mais próximos da copa.
    Como escreví no início, talvez o tom irônico que tentei colocar no meu comentário ficou um pouco confuso.
    Para quem ouve a Jovem Pan, diariamente, das 6h até quando se inicia a hora do Brasil e eu desligo o rádio, não dá prá ser tão ingenuo como me fiz entender.

  14. Presado FS, primeira coisa que eu percebo, vc chama a ARENA CORINTHIANS de vulgarmente “itaquerão”, já deixa claro as suas proposta sobre o estádio, segundo pense comigo, o Corinthians chega com a governo e fala vou construir uma grande obra em itaquera e quero os benefícios fiscais que tenho direito nessa região (o que é muito dinheiro que deixaria de ir para os cofres publicos, PORÉM como existe essa lei dos insetivos tudo está dentro da normalidade, além de que se não fosse contruido o estádio logo não existia essa isenção), terceiro, digamos que o governo fosse fazer um estádio publico (o piritubão) iria gastar não 420 mi, mas sim bem mais que isso, é só pegar os maiores estádios da copa e ver o preço deles, iria com certeza se tornar um elefante branco como o de Brasília, quarto, isso é um INVESTIMENTO!!!! e vc sabe q esse investimento vai ter volta, deixa de receber 420 mi DENTRO DA LEI e depois capitaliza 1 bi com a copa, NINGUÉM ESTÁ INDO COM UM CARRO FORTE LÁ NO PARQUE SÃO JORGE ENCHENDO O COFRE DO CORINTHIANS dá pra entender!!!!

  15. FS, parabéns mais uma vez.Você é um dos poucos jornalistas esportivos a comentar essas fraudes ligadas ao Itaquerão.E aí fica uma suspeita enorme.
    Por quê a grande maioria dos jornalistas, inclusive da sua rádio, não abordam e até evitam comentar toda essa pouca vergonha? Que eles tem o rabo preso não resta a menor dúvida.Mas qual o real interesse deles e o que ganham com isso? É um lobby fortíssimo na mídia que se instalou em conluio com a minoria fanática que vc citou.
    Vergonha maior ainda é ver que as autoridades competentes para combater essas falcatruas se omitem.
    Por essas e outras temos a oportunidade de ver quem é quem na mídia hoje.E mais uma vez parabéns por sua postura.Infelizmente no Brasil o interesse de poucos prevalece em detrimento do bem da população.

  16. Fernando, bom dia. Parabéns pelo seu artigo. Esse assunto é muito sério. O que esses políticos estão fazendo com o nosso país realmente é imoral. Mais de 1 bilhão em um estádio privado!! Quantos hospitais, escolas, áreas de lazer e esportes poderiam ser construídos em Itaquera. Quando acontece esses usos indevidos de dinheiro público, muitas setores importantes da cidade deixam de receber investimentos. Quantas pessoas morrem em hospitais, quantas crianças e adolescentes não tem uma escola decente!!! Achos que esses “políticos” deveriam ser responsabilizados por crime doloso, por cada morte por falta de atendimento nos hospitais, por cada adolescente e criança que estão nas ruas envolvida com as drogas. E os argumentos que estão usando para justificar essa “doação milionária” é uma grande piada. Isso tudo é imoral. Veja o quanto de dinheiro se arrecada nesse país. http://www.impostometro.com.br/

  17. Gostaria que você respondesse 2 perguntas: 1- Como a prefeitura vai repassar este dinheiro do orçamento público para a construtora? 2- Se o Corinthians não construir o Estádio, este dinheiro poderia ser usado para outras coisas, creches, hospitais e etc.?


    Fernando,

    Vejo que suas perguntas são meio confusas e assim como a maioria você confunde a Lei de Incentivos Fiscais criada na gestão Marta Suplicy e a Lei do Kassab/Marcos Cintra criada EXCLUSIVAMENTE PARA O ITAQUERÃO.

    Nenhuma outra construção, de qualquer empresa no planeta, poderá ser beneficiada pela Lei do Kassab porque este incentivo de 450 milhões, criado APÓS A ESCOLHA DO ESTÁDIO PELO RICARDO TEIXEIRA, é EXCLUSIVAMENTE PARA O ITAQUERÃO.

    Partindo deste princípio, vamos tentar responder sua dúvida.

    Primeiro quem está pagando a Odebrecht não é a prefeitura.

    A Prefeitura não paga, nem repassa verba para a Odebrecht.

    Quem está pagando neste momento?

    Bom aí aconselho você visitar o site da empresa, ver as obras na Bolívia, Venezuela, pesquisar quem do Brasil anda visitado los hermanos no jatinho da empreiteira (conhece Okamura? Zé Dirceu?), e tire suas conclusões de onde está saindo o dinheiro.

    Você deve querer saber como a empreiteira vai receber os R$ 450 milhões.

    Ok, não sou especialista para te exlpicar em termos técnicos, mas funciona mais ou menos como qualquer incentivo fiscal, só que neste caso são CIDs.

    Pelas entrevistas que fiz com especialistas no assunto, neste caso específico, EXCLUSIVAMENTE PARA O ITAQUERÃO, a cada R$ 100 milhões gastos pela Odebrecht ela vai emitir os certificados e vender com deságio para empresas contribuintes.

    Exemplo.

    Uma empresa paga X milhões de impostos municipais. Ao invés de pagar a DARF normalmente para os cofres públicos, ela compra os certificados da Odebrecht, com deságio óbvio porque ela precisa ter alguma vantagem. Ela está pagando antecipado. Caso contrário ela prefere pagar direto para a Prefeitura.

    Se não existissem estes CIDs esta empresa contribuinte pagaria diretamente a Prefeitura.

    Com e lei do Kassab a empresa paga para a Odebrecht e não precisa pagar o imposto.

    É mais ou menos assim: Eu preciso pagar 10 de imposto, eu pago 8,5 pra vc, vc me dá o CID no valor de 10, eu levo este papel na Prefeitura e ela abate 10 do imposto que eu teria de pagar.

    A defesa demagógica e populista dos nossos políticos que estão muito mais interessados nos gastos no entorno, cerca de R$ 3 bilhões, é que o Itaquerão vai transformar a região numa nova Suíça.

    Papo furado. Qualquer empresa que entra numa região carente da cidade (Guaianazes, Taboão, Pirituba…) trazbenefícios para a região, então neste caso libera R$ 450 milhões para todas as empresas, como Shopping, fábrica, universidade, hospital, não só para Corinthians/Odebrecht, até porque o clube deve impostos.

    Esse papo furado de político é para boi dormir.

    Agora se o dinheiro do imposto está indo para creche, hospital, escolas, você pergunta ao Kassab.

    Sou favorável a diminuir ao máximo a interferência do estado, vejo alguns incentivos fiscais muito bacanas, como foi no caso a Lei criada pela Marta Suplicy para toda empresa que investisse em Itaquera. Não foi ninguém, nem mesmo a montadora que seria beneficiada, mas a lei existia, era válida. Isso sou favorável.

    abs,
    FS

  18. A decisão foi tomada , a despeito da vontade do povo de SP , de minha parte elegi tres politicos que jamais terão o meu voto , LULA , KASSAB, ALKMIN , considero que cometeram um crime financeiro contra minha cidade , é só oque posso fazer , tenho certeza que pelo menos 1 milhão de pessoas pensam como eu.

  19. O Pior é que ninguém toma uma atitude, brasileiro é bicho pra sofrer, não direito de mandar nem no seu imposto! Por isso que a mafia corinthiana é só de analfabetos, vão ter que pagar pra entrar num estádio feito com dinheiro público!

  20. Oi Fernando,
    Somente esse fato de destinar R$ 450 milhões para uma única entidade é ilegal, imoral, ridículo, preocupante…
    Mas outro fator me preocupa muito. Muitas pessoas não entendem isso, não entendem o que foi escrito no seu “post”, não entendem as reportagens sobre as obras para a Copa… Alguns por fanatismo, e muitos por pura ignorância, incapacidade de entendimento. Como essas pessoas vão se indignar?
    A maior parte da população ficou feliz quando anunciaram a Copa e a Olimpíada no Brasil. Puxa! Como a FIFA e o COI premiam com os seus maiores eventos um país que não tem infraestrutura digna para sua própria população? A escolha de um país sede deveria levar em conta as reais condições (existentes) de infraestrutura, não os possíveis projetos. No final das contas, ficou-se batendo na tecla que os estádios não ficariam prontos, etc e tal. Mas todos estarão prontos e inaugurados na data da Copa. Como chegar até os estádios, é uma outra história… Como os turistas vão chegar até as cidades sede, é uma outra história…
    Outro ponto que eu temo, é em relação ao acirramento de rivalidade entre torcidas em São Paulo. Os fanáticos (que existem em todos os clubes) não enxergam nada. Uns vão acusar que corinthianos são assim mesmo e que tudo é roubado para esse clube. Do outro lado, não vai se admitir que o estádio só está saindo com ajuda de instituições públicas… Não sei onde vai parar essa rivalidade, que muitas vezes é inflamada por alguns pseudo-jornalistas.
    Sou engenheiro e trabalhei no projeto de dois estádios para a Copa (não foi para o Itaquerão). Posso afirmar que tem muita coisa estranha por aí…
    Parabéns por mais um post isento e informativo
    Abraço

  21. Cadê aqueles promotores que gostam de se aparecer na mídia para questionar isso ou aquilo das torcidas organizadas e com isso conseguindo se eleger como candidato em algum partido, agora qual promotor tem peito para parar com esse assalto que está tendo nesta construção, cadê a transparência nesse negócio, um homem que tem mais de 50 processos na justiça como o Sr. Kassab vai se esperar o que, acho que está na hora de grande parte da imprensa deixar de se acovardar e exigir explicações pois se ela reclama tanto do Sr. Ricardo Teixeira boa parte dela é igual a ele e quanto a vc Fernando Sampaio parabéns pois tem muitos que pregam as coisas certinhas na cbf como o Sr. Juca Kfouri e no se refere a esse assunto ele não fala nada e muitas vezes em seu blog eu pedi para que ele se pronunciasse sobre o assunto, boa parte da imprensa está colaborando por mais essa vergonha e as autoridades também, todas sem excessões.

  22. Caro Fernando, eu acho que voce deveria utilisar as suas habilidades comunicativas com assuntos mais relevantes. A sua análise é rançosa, parece transpassada por um revanchismo estéril, dá a impressão de ser argumentação de torcedor tomando cerveja em boteco. Seja Feliz! MJ.

  23. Como está ficando bonito o ITAQUERÃO!!!
    Um orgulho da nossa REGIÃO…
    Mais um monumento DA ADMINISTRAÇÃO…
    Do KASSABE e do PRESIDENTE MENSALÃO…
    Tudo graças a ISENÇÃO….
    E quem vai pagar é o POVÃO…
    Mas isso não importa NÃO…
    Desde que saia o ESTÁDIO DO CURINGÃO…
    NÓIS VAI ABRIR A COPA MEU IRMÃO..
    No nosso futuro ITAQUERÃO….
    Mas ESTE ANO TEM ELEIÇÃO…
    Nas urnas nos ENCONTRAREMOS ENTÃO…
    Nós contribuintes ,vocês LEMBRARÃO..
    Que toda essa maracutáia foi…EM VÃO!!!

  24. Fernando, a coisa mais imoral de toda sacanagem imoral cghamada Copa do Mundo, além de usarem o dinheiro publico pra financiar entidades privadas e construir estadios superfaturados, é o assalto a constituição nacional que esta sendo tramado por congressistas pró-copa que abre um precedente perigoso para a nação. O congresso não tem o direito de passar por cima da constituição em nome do que quer que seja, e mais não tem direito, nem moral para mexer em direitos adquiridos. Estamos vendendo novamente nossa soberania em nome de um evento que não vai trazer qualquer lucro ao país e que só serviu para eleger a presidente Dilma. Depois de pisar na constituição brasileira em nome da copa virá o que? Uma urgência qq que possa impedir que pessoas tenham seus direitos garantidos por lei? Estamos indo por uma caminho muito perigoso.

  25. Não vejo a menor irregularidade nisso .
    Se é preciso fazer licitação ,que se faça .
    esse estádio lá em itaquera irá trazer :
    emprego na região , desenvolvimento para a região , infra estrutura para a região , etc…
    sem o estádio nada disso acontecerá .

  26. Não podemos esquecer… q a “doadora” da obra, a Odebrecht… recebeu do país e não construiu uma famigerada estrada de ferro… q a Dilma teve q dar meia volta para não inaugurar o nada…

  27. Vamos fazer o seguinte, pra solucionar o problema, qdo alguém precisar do estado, seja para saúde ou educação, pergunte para qual time ele torce, se for corintiano manda ele ser atendido lá no estádio.
    Seria uma boa, fala aí!!!!

  28. Parabéns, FS. Até que enfim, depois de meses dessa pouca vergonha, um jornalista que mostra realmente estar indignado com esse absurdo. Tudo graças ao Sr. Lula, que usou o cargo pra beneficiar seu timeco (agora, também, fora de campo), que nunca vai ter um estádio, pois esse, se ficar pronto, serã de quem bancou sua construção e não do Corinthians.

  29. Parabéns, Fernando Sampaio. São jornalistas com o seu caráter é que precisamos. Isto é uma grande vergonha. Um roubo. E tá atropelando todas as regras que deviam garantir o mínimo de probidade da administração do dinheiro público. Vale destacar também, salvo algum engano meu, que o CT do Corinthians também andou atropelando as leis ambientais. Esse time está se tornando um estorvo para a democracia conquistada às duras penas por nossa geração.

  30. É o mesmo promotorzinho (minúsculo mesmo) que está fazendo de tudo pra boicotar/impedir a construção da Arena Palestra. É mais um corinthiano doente, principalmente dos cotovelos.

  31. Como Corinthiano sou contra forma como o estádio foi construído. Acredito que apenas com a utilização de parte da verba da TV, naming rights, ganhos com camarotes, etc, o corinthians poderia ter construído um estádio de 300-400 milhões.
    Porém como tudo que envolve o Corinthians boa parte das pessoas fecha os olhos para entender os reais motivos que levaram a prefeitura a tomar essa decisão, e fecham os olhos para entender que benefício fiscal é diferente de dar dinheiro na mão.
    Eu não me importo que a prefeitura gaste milhões todo ano reformando e mantendo Interlagos, porque ter a F1 aqui traz essa grana de volta para a cidade além de contribuir para a imagem de SP.
    Novamente, eu não gostaria que fosse assim, foi tudo muito imoral principalmente pela forma como foi feito. Por mim nem teria copa aqui exatamente pela roubalheira de sempre.
    Gostaria mesmo que fosse decidido na justica que os 450 milhões teriam que ser devolvidos à prefeitura nem que fossem em 30 anos. Mas eu entendo os motivos que levaram à decisão da prefeitura, por pior que tenha sido.

  32. O que está acontecendo aí é o que acontece com qualquer outra obra superfaturada, ilegal e imoral. Vai ser feito de qualquer jeito, com dinheiro público. Alguns vão ser indiciados, outros terão que se explicar, mas o estádio estará de pé e daqui 30, 40 anos tudo virará folclore, conversa de botequim.
    Assim como se fala sobre como foi doado e construído o estádio do Morumbi, que muito jornalista vagabundo, usa pra justificar as ações que agora são feitas a favor do clube de coração.
    Eu, como “povo”, me revolto. Ainda mais porque o clube beneficiado é apoiado e querido pelo maior veículo de comunicação do país. Veículo este que mostra desfiles de carnaval como uma festa popular, mas que todos sabem que estes desfiles são financiados pelo crime organizado e aqueles que deveriam estar na cadeia, viram ídolos em sua tela platinada.
    E a verdade é esta…quando a vênus não quer mostrar, poucos ficam sabendo. Mesmo com internet, jornal e a concorrência divulgando.
    Pena do povo brasileiro, que não sabe o buraco que eles próprios estão cavando. Como os “operários voluntários” que ajudam neste Itaquerão nojento e que será decantado aos 4 ventos como a maior conquista que o Brasil teve através da Copa do Mundo.
    Triste…vergonhoso e lamentável!

  33. Alguem ai dos senhores sabe como foi construido o estadio do São Paulo?


    Rose,

    Você conhece a história dos carnês?

    Você sabe porque na inaguração do estádio jogou a Seleção Paulista?

    Você sabe porque chamavam de estádio da cidade de São Paulo?

    Você conhece a região, sabia que aquilo era uma fazenda particular?

    Aí fica complicado.

    abs,
    FS

  34. É por essas e outras que cada vez mais eu defendo o liberalismo econômico. Livre mercado. Sem lobby. Sem intervencionismo. Sem governo intervindo em prol de “certos grupos”.

  35. Olá Fernando , vc acha que existe possibilidade de algum órgão fiscalizar direito e essa conta cair pro timao pelo fato dessa licitação ser ilegal?
    Abs


    Rodolfo,

    Não, todas as roubalheiras e maracutaias da Copa estão blindadas.

    A farra do boi já está em andamento, em todos os estados, há meses.

    abs,
    FS

  36. Acho impressionante presenciar o Ministério público e, principalmente a população, aceitarem um “rombo” desse nos cofres públicos, sendo que as irregularidades estão aí, na “cara dura”. Lamentável!!

  37. Fernando, mais uma vez vc foi brilhante em mostrar de forma
    lúcida todo o “assalto político e financeiro” que estamos sofrendo e que iremos pagar essa conta por muito tempo.
    Essas quadrilhas tem a favor o esquecimento do povo, que infelizmente é uma realidade.
    Lamento ver que dentre muitos jornalistas que admiro estejam totalmente alheios a toda essa roubalheira.
    Forte abraço

  38. Enquanto isso a Arena Palestra enfrenta uma grande dificuldade de continuar as obras por causa de licenças e mais licenças. O projeto de cobertura do Morumbi então nem se fala. Ambos os projetos necessitam de aprovações do poder público e pela letargia duvido que saiam antes de 2014 ou 2019.

    Enquanto isso o Itaquerão foi aprovado em tempo recorde. Licenças ambientais? Mera formalidade. Prazos? Não existiram. Como é bom ser amigo do Lula hein? E o COL que em 2010 enxotou o Morumbi por causa das tais “garantias financeiras” teve uma enorme belevolência com o Beira-Rio e a Arena da Baixada.

    Para mim o Itaquerão foi um dos maiores golpes que essa cidade já presenciou. Como diz o ditado ” A ocasião faz o ladrão” e os bandidos se aproveitaram da situação direitinho. Tudo isso para a construção de um mero Pacaembu com grife.

    Kassab trocar o projeto de reforma do Pacaembu para dar 420 milhões de reais nessa loucura é um crime de lesa pátria. Pra sair algemado do prédio do Banespinha direto pro presídio.

  39. Boa noite Fernando,

    Não vou aqui questionar a legalidade do benefício fiscal, porque está mais do que claro que ele não é legal.
    A minha dúvida é: “Se a Copa não for no Brasi ou se não cumprirem com o cronograma, o município de São paul irá anular a isenção?

    Enio,

    Não existe esta possibilidade da Copa sair do Brasil, é tudo jogo de cena, mas teoricamente o Kassab teria um belo problema para resolver, pois a lei é específica e vale só para estádio de abertura da Copa do Mundo.

    abs,
    FS

  40. Não houve nenhuma isenção fiscal, o que a Prefeitura fez foi uma verdadeira doação do dinheiro público!!! Isenção fiscal ocorre quando o governo dispensa um investidor do pagamento de tributos que o mesmo estaria sujeito.

    O que o Kassab fez foi entregar ao Corinthians títulos que podem ser vendidos no mercado, e quem comprar desconta no seu imposto… eu nunca vi o governo oferecer isso pra nenhuma montadora de carros!!!

  41. FS, é dar murro em ponta de faca e enxugar gelo, a maioria 90% torcedores do corinthians não estão nem aí o que vc postou,informar a realidade pra fanáticos é difícil.Se fosse uma lorota o que vc escreveu aqui é pq vc não está brincando, vc sabe muito mais o que acontece nos bastidores do futebol a toa vc não postaria sem base o que vc escreve, e mesmo assim eles querem mais que este estádio fique pronto.
    Quando esses precisarem do S.U.S,INSS.Escolas,Transporte, aí resmungam que os políticos não prestam pra nada.
    Desculpa, eles sabem disso mas são masoquistas. abs

  42. Cara, parabéns. Quero ser solidário a você nessa cruzada dos paulistanos contra o Itaquerão. E os dutos ninguém fala. O terreno onde serão colocados os novos dutos foram doados, os novos dutos serão pagos pela Transperto, ao Corinthians caberá apenas remover a sucada desativada. Ou seja a operação que custaria cerca de R$ 100 milhões, incluindo compra do terreno, vai sair cerca de R$ 20, R$ 30 mi, e quero ver se o clube vai pagar.


    Dona Izete,

    A senhora está muito bem informada sobre o processo.

    Isso aí, assim como o terreno público, provavelmente sairá quase de graça.

    Parabéns.

    abs,
    FS

  43. FS, os CIDs também são ilegais por transferir a competência de arrecadar impostos, prerrogativa constitucional exclusiva dos poderes executivos federal, estadual e municipal, a particulares e do setor privado.
    Esse estádio não gerará receitas anuais maiores que R$ 100 milhões, e nesta região, e pela própria Lei de Incentivos Fiscais, a alíquota do ISS é de 2,0%, ou seja, R$ 2 milhões/ano de ISS a ser compensado, em 10 anos como prevê a Lei, irá gerar em impostos a Prefeitura a quantia de R$ 20 milhões, faltam R$ 400 milhões, os quais estão recebendo na forma de CIDs que serão arrecadados pela Odebrecht/Corinthians. Fato ilegal.
    Não podemos esquecer que a Prefeitura prevê mais R$ 50 milhões de despesa para emissão dos CIDs, totalizando R$ 470 milhões que sairão dos cofres públicos, e no Polo Nova Luz, o qual teve R$ 740 milhões de investimentos e gerou 28.000 empregos diretos, não houve nenhum custo para emissão dos CIDs.
    Esta é a copa da vergonha total, Kassab, mais conhecido como “biruta de aeroporto”, é mau caráter e corrupto, se vendeu para o PT para criar um partido, PSD, Partido Sem Destino….

  44. Incentivar o desenvolvimento do bairro de Itaquera, assim como outros bairros carentes, é uma “obrigação” social da Prefeitura da cidade, porem “tirar” R$ 420 milhões de reais do orçamento municipal, para construir um estádio, absolutamente desnecessário em São Paulo(capital) é um crime lesa-pátria, e inconcebível, nas atuais circunstancias economicas, quando a economia paulistana “patina” para fechar as contas.

  45. E já vi gente compartilhando no Facebook mensagens dizendo que não há nada demais nisso tudo, que é como se uma pessoa física estivesse fazendo um financiamento pela caixa, igualzinho. Que quem implica é porque tem inveja.

    Pois é, só não entende que não quer. Quando argumento com um indivíduo desses, ouço que o que importa são os empregos que serão gerados, que isso é dinheiro de pinga pro Governo, que só falamos por causa do tal do time paulistano beneficiado e que a roubalheira é pior nos outros Estados.

    Vou-me embora para Passárgada. Se bem que não sou amigo do Rei…

    Abs

  46. A prefeitura realmente esta errada de agir desta maneira,agora e os canais da imprensa que pouco falam sobre esta atitude,a propria emissora em qual vc e funcionario,divulga a cda meia hora o IMPOSTOMETRO,a situação ref.a abrigatoriedade de transmissão da voz do Brasil,e ate hj pouco eu vi em qquer meio de comunicação de SP alguma dicussão desta atitude do governo municipal.

    Luis,

    A Jovem Pan faz uma campanha para diminuir os impostos para toda sociedade, para todas as empresas, para todos os trabalhadores…. A Jovem Pan não defende isenção só para uma empresa, ainda mais para clube de futebol, os grandes devedores de impostos. Você sabia que o Corinthians, por exemplo, deve milhões de impostos?

    Acho que você está confundindo as bolas.

    Releia o texto, principalmente no trecho referente a Lei da Marta Suplicy.

    abs,
    FS

  47. Ah, não. Que monte de comentários emocionais (como descrito acima) e ainda sem base.

    Sou Corinthiano e também concordo em que a prefeitura não deveria dar incentivos para a construção de estádios. Agora dizer que o governo está abrindo mão de imposto público é bem tendencioso, ainda mais quando reduz impostos o que a própria Jovem Pan onde você trabalha luta contra.

    Fabiano,

    A Jovem Pan não defende isenção de impostos, ou redução de impostos única exclusivamente para uma empresa, ainda mais uma empresa sem certidão negativa de débitos.

    Acho que você não entedeu muito bem a campanha da Jovem Pan para TODOS os brasileiros.

    abs,
    FS

  48. O mais engraçado é que o publico dos jogos do Corinthians nesse estádio será bem menor que o público no Pacaembu. E pode acreditar : o Corinthians vai mandar jogos menos importantes no Pacaembú para aumentar a renda !

  49. A isenção fiscal tanto pode ser concedida em caráter particular como em caráter geral (art, 176 a 179, CTN). São comuns as isenções para determinada indústria se instalar em uma cidade, por exemplo. No primeiro caso de isenção, exige-se o cumprimento de certos requisitos que dever estar na Lei que concede a isenção.(tais como a Arena destinar-se à inauguração da Copa, etc). Ela é sempre CONDICIONADA. No caráter geral NÀO há requisitos a serem cumpridos pelo sujeito passivo (Corinthians). A isenção dada anteriormente não precisaria, em tese, ser alterada. Na minha modesta opinião, a primeira isenção está correta. Talvez o medo de a Copa ser tirada do Brasil deu gás para esses “iluminados” alterarem o tipo de isenção.
    Note que os questionamentos na Justiça e no MP quanto à isenção particular não avançaram. Eles não querem sanear a isenção, que na sua forma está correta. Veja que eu estou abordando a forma!
    Eles querem, na verdade, alterar a isenção de particular para geral.
    Agora vem esses “iluminados” e promovem essa lambança.
    Cá entre nós, a decisão política de construir a Arena já foi há muito tomada, aquele que colocar-se contra será esmagado pela patrola.
    Abs.

    • Na minha opinião o financiamento do estádio do Corinthians é ilegal e não justifica o gasto. O governo não pode beneficiar a esmo qualquer empresa privada. Se fôssemos seguir o que você falou, seria legal o enriquecimento súbito do filho do Lula, por exemplo, que tanto criticaram à época. Aquele estádio é só um elefante branco, erguido às custas do povo. É um monumento caríssimo que será construído enquanto a população não tem educação, saúde e transporte público de qualidade, que deveriam ser as preocupações do governo. NADA justifica o uso dessa dinheirama no estádio. NÃO HÁ NADA que você possa dizer que justifique isso. O pior cego, é aquele que não quer ver.

  50. Deixar um estadio pronto e cuja reforma seria totalmente financiada pelo setor privado….por questões meramente políticas e pricipalmente pra favorecer o Corinthians, pois se não fosse assim, nunca teria estádio…o Brasil é uma grande vergonha…e nós brasileiros fazemos papel de palhaços…nossos impostos patrocinando uma nojeira dessas…

  51. Algo me diz que esta copa não sai. Os gangsters da FIFA não se entendem com os locais. Se fosse na Chicago dos anos 30/40 eles já estariam se matando com rajadas de metralhadora pra todo lado. Há uma guerra velada entre a famiglia Teixeira e a famiglia Blater.
    Quanto ao itaquerão, com muita sorte creio que fica pronto pela metade e vai se transformar no símbolo maior do assalto ao dinheiro público, mesmo inacabado.

  52. Essa prática é usual por se tratar de mera formalidade. É igual você alugar um apartamento verbalmente e oito meses após preencher um contrato de locação você tem que simular uma concorrência, com publicação no Diário Oficial. Simples assim.


    Confucio,

    Essa foi hilária.

    Você é mesmo Confúcio. rsrsrs

    abs,
    FS

  53. Bom Fernando,sou totalmente contra a ideia de isenção fiscal.Já faz algum tempo que não se trata mais de isenção,mas sim de guerra fiscal,na qual cada prefeitura e/ou estado,para ter criação de empregos e alguma infraestrutura,compete com outras,fazendo com que a vantagem do setor privado seja cada vez maior e a do setor público seja cada vez menor.Lembrando também que nos casos de multinacionais já instaladas aqui,muitas vezes ocorre corte de funcionários das fabricas instaladas anteriormente.

    Dito isso,estava claro que faltou planejamento.Seria perfeitamente possivel utilizar dinheiro público na construção de estadio privado,com o governo fazendo sociedade com o clube,como por exemplo parte da receita dos jogos durante anos,parte da receita da venda de produtos,etc.Como isso não ocorreu,e São Paulo obviamente não quer ficar de fora da Copa,o contribuinte paulista virou refém de construir um elefante cinza ou de construir um estádio para um clube.

    A pergunta que não quer se calar é se quem fez pior negócio é o governo de São Paulo,estado que já possui vários estádios,ou os governos de Amazonas/DF,unidades federativas que possuem somente um clube nas primeiras 3 divisões do Brasileirão.

  54. Olá Fernando,blz?Nem todos são irracionais!!!!Eu sou corinthiano ,nem por isso deixo de ser contra a construção desse estadio c/ nosso dinheiro,que deveria ser usado pra nos favorecer (educação,saúde,transporte,etc).Mas o que mais me espanta(vai,nem tanto) ,são jornalistas??? que acham isso tudo normal,tentando convenser seus telespectadores que a copa e a construção desses estádios vão gerar beneficios pra população,enfim um festival de baboseiras e mentiras.Que não da pra confiar nos politicos e nos Ricardo(s) Teixeira(s) da vida isso nos sabemos,mas esperava uma imprensa um pouco mais limpa e isso não esta acontecendo!!!!!Mas ainda bem que temos alguns e voce é um deles.Obrigado e bom trabalho Fernando…….


    Mauro,

    Com certeza a maioria é racional, pena que silenciosa.

    Os fanáticos irracionais são minoria.

    abs,
    FS

  55. Sim, todos aqueles q são beneficiados se calam. Inclusive muita gente boa da imprensa. Daqui há alguns anos o futebol brasileiro vai acabar, muito em virtude da safadeza sem fim ao qual está incorporado. O favorecimento aos chamados time de “massa” é mais uma daquelas infindáveis sem vergonhices q assolam o nosso país. Mas o q importa é a audiência, a marketagem malandra e toda sujeira q vá para debaixo do tapete. Ou melhor q fique tudo na conta da Viúva. Só q não existe almoço grátis, um dia essa fatura será cobrada. Lembrando uma antiga música do Capital Inicial : ” Vocês são vermes e pensam são reis…”

  56. Oras. O povo esta sendo roubado e como sempre por esses politicos e bando de corruptos, mas este pais como diz por aì merece o povo que tem… nao pensao em criar hospitais, escolas, levar saneamento aos mais necessitados… e sim aproveitar e se auto promover as custas dos otarios ….

  57. Quem quer que seja que o nosso Prefeito apoie nessas eleições não terá meu voto, seja ele quem for. Será uma forma de protestar sobre o meu dinheiro que está sendo furtado. E todos que sentirem prejudicados deverão fazer o mesmo. Não dá para admitir mais essa brincadeira com o nosso dinheiro. E o pior é que tem gente que deixa de comer em casa para ir a estádios. Eu nunca mais vou a estádios e muito menos perder meu tempo com futebol, haja vista que já estou perdendo dinheiro!

  58. É mesmo uma vergonha, é triste, e vai ter fanatico que vai ler, sabe que tudo isso é verdade mas …… Com um estadio pronto, e outro que esta sendo feito sem dinheiro publico, do São Paulo e do Palmeiras para que esse Itaquerão ou melhor ISENTÃO para que, logico que todos nos sabemos como vai voar dinheiro, foi um verdadeiro massacre que fizeram com o Morumbi inventando um monte de mentiras sim mentiras, ou alguem em sã conciência acredita nesses fanfarrões, mentirosos da fifa e cbf e os que estão ao seu redor politicos, ex jogadores etc, e escrevi essas entidades com letras minusculas mesmo porque esses caras não merecem respeito nenhum, fosse bom que ninguem, mas ninguem iria aos estadios que fosse a pior copa do mundo em materia de publico mas não vai acontecer, e antes que alguem diga que não sou patriota engana-se porque patriota não é torce para seleção Brasileira, uma que esses caras estão pouco se lixando para o povo tanto os jogadores como os dirigentes, todos sem excessão.

  59. Alguém teria dúvidas que a naracutáia ia ocorrer?
    O meu clube aqui do bairro quer construir um campinho, será que a prefeitura ajudaria? Até nos comprometemos em dar Naming Right de KASSABÃO!!!

  60. Sampaio,o povo tem é que passar fome mesmo,que andar de busão lotado mesmo,que se fufuca mesmo.A maioria tá apludindo essa pilantragem.Só pensam no time de coração e esquecem a própria vida.Estamos sendo roubados na mão grande.fo..-se

  61. Fernando, seu blog tem sido nota dez em relação a esses desmandos com dinheiro público.
    Pessoalmente, acho que o problema da cidade de São Paulo é ter – isso há tempos – politicos que gostam de gabinetes e obras, mas nao gostam de GENTE.

    Acho inconcebivel que a Prefeitura faça uma operação de incentivos para uma obra voltada ao circo (nem entro no mérito de ser particular, ainda) e não voltada ao pão. é ironico que pessoas ali perto, no Jardim Pantanal, quse se afoguem nas enchentes, ano apos ano, mas nada seja feita por elas. Mas para circo, ai temos!

    E a imoralidade de ajudar uma instituição privada QUE NÃO TRARÁ BENEFICIOS SOCIAIS E ECONOMICOS é a maior palhaçada em grandes obras que me lembro. Porque quem se instalará lá não vai gerar empregos. qulquer industria no mesmo local geraria mais emprego e mais renda do que um clube de futebol.

    As vezes acho que o brasileiro – o cidadão e o politico – não sabem lidar corretamente com os ciclos de crescimento.

    Um abraços (viu o S no final? já superfaturei a saudação…rs)

    Marcos

  62. O que preocupa é que vai ficar tudo no mesmo. No Brasil as leis foram feitas para serem descumpridas, se não as obras ja teriam sido embargadas.

  63. Alguém com o mínimo de bom senso!
    Não por ser palmeirense (q eu mesmo me oporia se fosse pro Palmeiras). Os torcedores não entendem q os clubes são empresas, puras e simples. Ainda que seja com o dinheiro do povo, nenhum corinthiano, santista, palmeirense, são paulino vai entrar neste estádio (qd estiver pronto) de graça.

    Quando estes msm precisarem de um hospital, transporte (decente, não a porcaria q é o metrô no horário de pico), que vão pro “Fielzão”.

    Solta a vinheta: “Brrrraziiiiiill!”

  64. A questão não é a isenção fiscal em si. Se o governo pode dar isenção fiscal para uma montadora de veículos tbm pode dar para a construção de um estádio privado caso ele ajude no desenvolvimento da região. O governo não gasta um centavo com isenção fiscal, ele deixa de ganhar.
    O problema é o valor da isenção. Se acreditarmos que para construir um estádio como o Itaquerão é necessário desembolsar 400 milhões somente com taxas e impostos, significa que o famigerado custo Brasil atingiu o seu ápice, acho pouco provável. Mas se esse valor estranho chamado de isenção fiscal for uma manobra para doação de dinheiro temos um problema grave, tão grave quanto o fato da odebrecht e da andrade gutierrez ganharem todas as concorrências relativas à Copa do Mundo e Olímpiadas…

  65. cadê o ministério público? tá na gaveta tb?


    Luis,

    Faça uma pesquisa no Google.

    O promotor que liberou o terreno público chama-se José Carlos Freitas.

    abs,
    FS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Imagem CAPTCHA

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>