Nossa ubermodel aposentada e dedicada a causas ambientais vai lançar seu primeiro livro.  De acordo com a coluna de Maurício Meireles, na Folha de São Paulo, a proposta é uma mistura de autobiografia e autoajuda, escrita com a ajuda de um ghostwriter  Muitos devem imaginar as lições de superação dessa garota nascida em Horizontina, no Rio Grande do Sul, em 1980, que foi descoberta por um olheiro de uma agência aos 14 anos e fez uma das mais bem sucedidas carreiras de modelo do mundo da moda.

Nos anos 90, era ela o grande nome no mundo fashion, trazendo um tipo de beleza diferente do esquálido visual que antes imperava nas passarelas, ficou conhecida como ter o que chamaram de “The Body”. Gisele estourou com sua forma diferente de pisar a passarela, sua sensualidade, curvas e performance irretocável também frente às lentes de fotógrafos renomados. Muitos desses momentos estão reunidos no livro Heavenly body: The rise and rise of Gisele Bundchen que soma 300 fotos curadas pelo diretor de arte Giovanni Bianco. Neles podemos ver o famoso nu da modelo fotografado Irving Penn, que estampa a capa e outros cliques de Steven Meisel, Mario Testino, David LaChapelle, Juergen Teller, Mert Alas & Marcus Piggott e tantos outros.

Gisele foi musa de marcas como Dolce & Gabanna, Valentino, Givenchy e Céline e mesmo aposentada desde 2015, segue disputada para trabalhos que escolhe cuidadosamente: hoje estrela as novas campanhas da Versace, e das marcas brasileiras Rosa Chá e Arezzo. A relevância da modelo é tamanha, que apenas no ano passado, Gisele deixou o primeiro lugar da lista das modelos mais bem pagas do mundo, lugar que ocupou por 15 anos. Kendall Jenner, liderou o ranking dominado por Gisele desde 2002. A brasileira arrecadou no ano anterior cerca de  US$ 17,5 milhões. Em 2016 estimou-se que sua fortuna some cerca de 1 bilhão de reais.

Gisele Bündchen e uma agência literária estão negociando o lançamento do novo livro em leilões. Nos Estados Unidos a publicação será da Avery Press, e aqui no Brasil quem levou o direto de lançar a obra foi a Bestseller, do grupo Record.

Demitiram James Levine: Investigações confirmaram assédios e abusos Os Carter estão de volta: Beyoncé e Jay-Z anunciam nova turnê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.