Navegação de Posts

Tirone aumenta renda de Corinthians e Palmeiras

Aconteceu na segunda-feira, último dia 16, no Conselho Técnico da Federação para definir a rodada e outros detalhes das quartas de final do Campeonato Paulista disputadas neste fim de semana.

Arnaldo Tirone chega um pouco atrasado e entra apressadamente na sala de reunião.

Enquanto alguns detalhes são discutidos com os oito envolvidos nas quartas de final, Tirone está mexendo no celular.

Talvez enviando mensagem ou checando ligações que tinha recebido.

Neste momento o presidente Marco Polo del Nero pergunta aos presentes: “Renda dividida ou 60% para o vencedor e 40% para o perdedor?”

São Paulo, Corinthians e Santos votam no 60 x 40, Tirone distraído e de cabeça baixa responde: “50 por 50″

Cobrado pelos outros grandes e principalmente por Mário Gobbi, Tirone tenta voltar atrás, mas a tentativa é brecada pelo presidente Márcio Eduardo Della Volpe, da Ponte Preta: “Ôpa, votou tá votado, 5 x 3 para divisão de renda, não tem volta”

E não teve. A renda foi dividida. Não se sabe se foi só distração de Tirone ou se ele já desconfiava que o time poderia ser derrotado em Campinas e pelo menos salvaria 10% a mais da renda, que foi o que aconteceu.

Salvou um pouco mais para ele e até mesmo para o “amigo” Mário Gobbi, do Corinthians, que ontem pelo menos dividiu a renda com a Ponte no Pacaembu.

Poderia ter sido pior se vencesse a proposta dos grandes 60 x 40. A Ponte teria levado ainda mais dinheiro para Campinas.

Se na hora da votação, Gobbi ficou bravo com Tirone, agora deveria agradecer.

Foi a chamada antevisão dos fatos. Quem garante que a mensagem recebida por Tirone não veio de algum adivinho de plantão?

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • Cabrakl

    Emocionante.

  • Julio

    Banana de pijama,quem manda no Palmeiras ainda e´o Mustafá.