Notícias

Após cinco anos de quedas, mercado de PCs ensaia retomada

Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela IDC Brasil: após cinco anos apresentando resultados negativos, o mercado brasileiro de PCs voltou a crescer no primeiro trimestre de 2017. Foram vendidos 1.1 milhão de máquinas, 5% mais que no mesmo período do ano passado.

Os detalhes são esses: 405 mil unidades de desktops, 701 mil notebooks.

Chama atenção a participação do mercado corporativo: 35% dos computadores vendidos no primeiro trimestre do ano foram comprados por empresas, o que mostra uma retomada do interesse das companhias pelo investimento nesses aparelhos. O maior volume de vendas foi para o consumidor final, com 65%.

Os analistas da IDC apontam a estabilização do mercado brasileiro, que já era esperada para o setor, e também o fim da oscilação do dólar. Há um outro componente: como o governo disponibilizou o saque das contas inativas do FGTS, havia dinheiro circulando, apesar da crise, e as empresas estimularam a compra com promoções.

No estudo, a IDC aponta crescimento tímido de 1,2% no acumulado do ano para o mercado de PCs.

Comentários

comments