Notícias

Dicas para usar o Internet Banking com segurança

INTERNET BANKINGNão tem mais volta: o brasileiro descobriu que o smartphone é uma ferramenta bem mais poderosa que um simples aparelho para guardar as fotos, jogar ou trocar mensagens. Cada vez mais pessoas usam o dispositivo móvel para pesquisar produtos e também para comprar pela internet.

58% das operações bancárias realizadas no primeiro semestre deste ano foram feitas pela Internet e pelo smartphone, o que representa 4, 9 bilhões de transações feitas a partir de dispositivos móveis, de acordo com a FEBRABAN. De olho nisso, os bancos estão reforçando a estratégia de atendimento digital e melhorando as plataformas (sites e aplicativos) para atender a demanda.

Apesar do resultado positivo neste ano e da projeção otimista dos bancos para os próximos meses, ainda há muito trabalho a ser feito. O foco do setor é reforçar a segurança das transações digitais, porque parte dos que não usam aplicativos e outros canais eletrônicos argumenta que não consideram a operação segura.

O investimento anual dos bancos em sistemas de segurança eletrônica é de 2 bilhões de reais. No entanto, mais do que investir em ferramentas de proteção, parte crucial do processo é orientação e educação do consumidor.

Dicas simples como não fornecer dados pessoais a sites não confiáveis, lembrar que o banco não solicita senha por e-mail ou telefone e que o dispositivo a partir do qual você acessa a sua conta deve estar protegido por um antivirus são ainda desconhecidas de muita gente.

Confira dicas e orientações fornecidas pela FEBRABAN para utilizar de forma segura o internet banking:

– O banco nunca solicita a senha do cliente por e-mail ou telefone. Somente informe seus dados de acesso, como número de conta e senha, no site seguro do banco.

Troque periodicamente sua senha de acesso ao banco na internet e utilize sempre senhas de bloqueio de uso do seu smartphone;

Mantenha os antivírus originais instalados no computador atualizados para ter acesso aos serviços bancários;

Nunca realize operações em equipamentos públicos, desconhecidos ou que não tenham antivírus atualizados;

Não utilize telefones de estranhos e de origem desconhecida para efetuar transações ou fazer ligações;

– Ao ter seu telefone roubado, furtado ou perdido, informe imediatamente ao seu banco;

– Fique atento ao acessar sua loja de aplicativos. Evite obter aplicativos de origem desconhecida;

Não execute aplicações nem abra arquivos de origem desconhecida. Eles podem conter vírus, que ficam ocultos para o usuário e permitem a ação de fraudadores sobre sua conta, a partir de informações capturadas após a digitação no teclado;

Não use redes wireless (wifi) desconhecidas ou em locais públicos para efetuar transações bancárias;

– Em casa, mantenha sempre sua rede wifi protegida por senha;

Evite acessar o site dos bancos redirecionado por outros sites, como os de pesquisa. Sempre acesse o site do banco diretamente pelo endereço do banco (www.nomedoseubanco.com.br);

– Quando for efetuar pagamentos ou realizar outras operações financeiras, você deve certificar-se que está no site desejado, seja do banco ou outro qualquer, “clicando” sobre o cadeado e/ou a chave de segurança que aparece quando se entra na área de segurança do site. Em geral, o ícone do cadeado aparece antes da URL do site que você está acessando.

Comentários

comments