Notícias

Software de manutenção é invadido e infectado por vírus; milhões podem ter sido expostos

A desenvolvedora do CCleaner, um software bastante popular usado para manutenção rápida de computadores e limpeza de arquivos temporários, emitiu alertas para os usuários sobre uma falha de segurança na plataforma. Segundo a empresa, um invasor alterou duas versões do software e infectou os arquivos que estavam sendo disponibilizados para download.

Sem entrar no mérito de como a invasão aconteceu, a desenvolverdora Piriform afirmou que já retirou as versões infectadas do ar. São elas v5.33.6162 e Cloud v1.07.3191

Não ficou claro por quanto tempo os arquivos infectados ficaram disponíveis, mas a empresa afirma que são feitos 5 milhões de downloads por semana. O CCleaner é um software absolutamente popular e por isso entrou na mira dos cibercriminosos, é um ótimo vetor para infecção em escala.

Não há confirmações sobre o número de computadores afetados, mas é possível supor que seja um número alto, na casa dos milhões, já que o software de manutenção está disponível em diversos países

A recomendação dos especialistas em segurança é para que, se você tem o software no seu computador, leve a um técnico e retorne o sistema para o estado em que estava antes do dia 15 de agosto, quando a versão infectada foi liberada.  A desenvolvedora recomenda que usuários atualizem o CCleaner para a versão 5.34 ou superior, que não contém o código malicioso. O time de segurança da Cisco, que relatou a invasão, afirma que por enquanto são poucos os antivirus que conseguem detectar a ameaça.

Comentários

comments