Pular para o conteúdo

SBT erra feio ao não apostar em um programa para Maisa Silva

Reprodução
SBT erra feio ao não apostar em um programa para Maisa Silva
Maisa Silva gravou piloto de um programa que não foi ao ar

Nas redes sociais, o sucesso de Maisa Silva é inegável. São mais de 17 milhões de seguidores somente no Instagram. No Twitter, tudo o que fala repercute. O séquito de fãs e admiradores é gigante. Nada disso, obviamente, ocorreu por acaso. Exemplo de boa educação e sensatez, a apresentadora, que tem apenas 16 anos, se sai bem até mesmo ao se defender contra ataques na internet. Nesta semana, foi alvo de assédio e críticas a seu corpo e, para orgulho geral de seus admiradores, deu um show de maturidade nas respostas, que rapidamente viralizaram.

Com tamanho poder de influência, chama atenção que o SBT deixe a adolescente de fora de sua programação. Embora apareça eventualmente em alguns programas, Maisa não surge com constância na grade da emissora desde o fim da novela “Carinha de Anjo”, em junho. Desde então, chegou a gravar o piloto de uma atração chamada “SBT Digital”, que recebia famosos e abordava o mundo da internet. O projeto acabou engavetado por um tempo, com a pretensão de ser retomado no ano que vem.

Com grande apelo comercial, Maisa poderia perfeitamente reinventar formatos que fizeram sucesso na emissora como o “Programa Livre” e o “Máquina da Fama”. Aos 16 anos, a apresentadora tem experiência suficiente para comandar um programa próprio. E, ao deixar a adolescente na geladeira ou esperar que surja uma oportunidade em uma novela, o SBT comete um grande erro e ignora uma de suas personalidades com maior apelo popular. Depois não vai poder reclamar se a Globo surgir com proposta tentadora.