Pular para o conteúdo

O gigante de 1,66 m de altura

O gigante de 1,66 m de altura

Fico muito à vontade pra falar desse tema. Mesmo na época da discussão “ sai não sai” do Palmeiras, nunca desconfiei do profissionalismo de Dudu. Quem acompanhou meu trabalho na época, aqui no Blog, no ar na Jovem Pan, ou no Esporte interativo, sabe que sempre defendi e falei que Dudu era disparado o melhor jogador do clube. Jogador em nível de seleção brasileira e com nível pra jogar fora do país.

O atleta foi metralhado quando externou uma vontade de sair, de jogar no exterior. O que, pra mim, não é crime nenhum. Não é crime por que o Camisa 7 nunca tirou o pé de dividida, sempre correu e suou pelo time, mesmo quando atravessou má fase e não jogava bem. Mas nunca deixou de correr e honrar a camisa do Palmeiras. Até brinco com Mauro Betting: se eu fosse dirigente e pudesse contratar quem eu quisesse para o meu time, seria Dudu e se eu fosse técnico da seleção, o jogador sempre estaria na minha lista.

Em julho desse ano, o último episódio envolvendo uma possível saída e uma dúvida de “alguns” quanto ao profissionalismo do atleta. Uma proposta milionária do Shandong Luneng pra levar Dudu. A equipe asiática chegou a oferecer 15 milhões de euros (R$ 67 milhões). Uma oferta de R$ 2 milhões mensais de salário, além de uma luva de mais de R$ 30 milhões pela assinatura do acordo. No entanto, mesmo com a intenção de Dudu de seguir para a China, o Palmeiras recusou a oferta. O atacante deixou essa dúvida no ar ao postar uma mensagem nas redes sociais. Nas últimas semanas, o clube recusou ao menos duas propostas do futebol chinês pelo jogador de 26 anos. “– Feliz ou não, é a lei da vida. Seguir em frente com a cabeça erguida. Superando tudo que está por vir –“. Pouco depois, modificou a frase: “– Seguir em frente com a cabeça erguida e muito focado para superar tudo que está por vir!”. Foi massacrado com críticas: “mercenário, chinelinho, vai embora, não vista mais essa camisa”, algumas postagens de torcedores vieram abaixo.

Ledo engano. Isso foi o combustível pra Dudu se tornar o principal jogador do clube no Brasileirão. Pra mim, o craque do Campeonato.

A brilhante atuação contra o América-MG deixou o Palmeiras ainda mais perto do título brasileiro e lhe tornou dono de outra marca no clube: com 55 gols, ele agora é o artilheiro alviverde no século 21, ultrapassando Vagner Love, que fez 54. Luiz Felipe Scolari e seus companheiros já o tratam como o melhor jogador do campeonato. Jogador com mais faltas sofridas no Brasileiro, ele é também o maior garçom da competição: são 12 passes para gol. Foi o palmeirense que mais teve a bola e o que mais driblou. É quem mais jogou no Allianz Parque, 98 jogos, quem mais venceu ,70 vezes, fez gols 25 gols e deu 24 assistências.

O título do Palmeiras é merecido. Vai muito além do “senhor” de 70 anos que faz coisas que muitos garotões de 20 fazem. vai muito além de 30 e poucos jogadores no elenco. O símbolo dessa conquista caberia em 1,66m de estatura e em 4 letras, Dudu!!!

Me sigam no Twitter  @spimpolojp  e Instagram  @marcio.spimpolo .