Pular para o conteúdo

Brasileiros na Libertadores

O desempenho dos clubes brasileiros não foi bom nesta semana.

Grêmio, Flamengo e Palmeiras perderam. O Atlético-MG sofreu em casa contra o Zamora, o Inter tomou o empate depois de abrir 2×0 contra o River Plate.

As boas notícias vieram do Cruzeiro que manteve os 100% de aproveitamento e do Athletico que passou por cima do Boca Juniors.

Muitas discussões ja foram feitas sobre um desempenho abaixo do que a diferença de orçamento indica nos duelos dos brasileiros contra os vizinhos do continente e cada um defende suas ideias, na minha opinião as mudanças constantes e a falta de critério nas contratações de jogadores e treinadores é o ponto que mais influencia no desempenho ruim.

Com administrações políticas, jogadores e técnicos são rapidamente descartados quando os resultados imediatos não aparecem. Outra questão é que contratação traz popularidade e status, tudo o que querem os dirigentes políticos.

Jogadores e técnicos são contratados muitas vezes pelo nome e não por se encaixarem na necessidade do elenco e do clube.

Poucos times brasileiros têm uma identidade clara e dentro de uma realidade de um jogo sem espaços e com muita informação, as dificuldades ficam maiores.