Pular para o conteúdo

Projeto é solução, e não adianta reclamação

Projeto é solução, e não adianta reclamação

O rádio é fenomenal, é a mídia que mais cresce na audiência do produtor rural do Brasil, pois o rádio acompanha o produtor onde quer que ele esteja: no celular, no trator ou no computador.

 

Estamos numa fase crítica, muito importante para o nosso país. Eu recebi um e-mail de um ouvinte que vive ligado o tempo todo na Jovem Pan. Um estudioso que a acompanha o programa A Hora do Agronegócio.

 

Mas o genial da mensagem do Sr. Jorge Schujmann é que não foi reclamando, ou falando mal deste ou daquele, e nem passando a culpa para alguém. Ele nos enviou um projeto feito com outros pesquisadores, com uma ideia muito curiosa e diferente, pois ele está de olho nas nossas áreas mais pobres do país, microfúndios do norte e nordeste que vivem do Programa Bolsa Família.

 

Ele ressaltou em seu texto que, do total do valor bruto da produção agropecuária do Brasil, o norte e nordeste, produzem apenas 14%. Então, o Projeto batizado de Faixa Verde, pretende que esse ouvinte possa ser analisado por presidenciáveis.

 

Mas, independentemente de qualquer outra avaliação, desejo aplaudir o tempo dedicado e a iniciativa destes brasileiros que trabalharam numa visão criativa, diferente, e que patentearam o projeto e buscam agora a viabilização.

 

A ideia envolve o plantio de uma gramínea de fácil adaptação ao norte e nordeste, o capim elefante, e a partir desse vegetal, a produção de carvão vegetal e de alcatrão.

O projeto do nosso ouvinte, Sr. Jorge schujmann, inclui ainda o reaproveitamento dos resíduos do dendê, do babaçu e do açaí, para da mesma forma, serem processados e transformados em carvão vegetal e alcatrão.

 

Essa biomassa vegetal significaria energia limpa e viabilizaria renda para milhões de famílias que vivem hoje fora de uma cadeia viável de agronegócio… e outros pensadores mundiais já consideraram estar na bioenergia uma saída digna para milhões de micro produtores das zonas mais pobres do planeta.

 

Não sei o quanto esse Projeto Faixa Verde desse nosso dedicado ouvinte será ou não viável, mas eu só sei que o empenho e a paixão com a qual o descreve, mereceu deste colunista, minimamente um olhar, uma atenção e um comentário.

 

E que essa atitude inspire a milhares de outros brasileiros nessa hora crítica de liderança do país, a não ficarem reclamando, e sim a iniciarem uma jornada criadora e de luta digna pelo nosso Brasil.

 

Eu esperaria receber diariamente ideias e propostas para a evolução do nosso país, muito mais do que só pessimismo e reclamações.

%d blogueiros gostam disto: