Pular para o conteúdo

‘Jamais abrirei mão dos princípios que defendi’, diz Bolsonaro após protestos

Isac Nóbrega/PR
‘Jamais abrirei mão dos princípios que defendi’, diz Bolsonaro após protestos
Declaração foi feita um dia depois de o presidente chamar de "idiotas úteis" os manifestantes que participaram dos protestos desta quarta

Após enfrentar um dia de protestos em mais de 20 estados contra os bloqueios na Educação, o presidente Jair Bolsonaro se manifestou nesta quinta (16) através de suas redes sociais. No Twitter, ele afirmou que “jamais” abrirá mão “dos princípios fundamentais” que sempre defendeu.

“Se há algo de que jamais abrirei mão, são os princípios fundamentais que sempre defendi e com os quais a maioria dos brasileiros sempre se identificou”, escreveu o presidente. “O Brasil pediu uma nova forma de se relacionar com os poderes da República, e assim seguirei, em respeito máximo à população.”

A declaração foi feita um dia depois de o presidente chamar de “idiotas úteis” os manifestantes que participaram dos protestos desta quarta. Os grupos contrariavam a medida do Planalto, que decidiu reter 3,5% das despesas não obrigatórias para universidades federais. A verba seria destinada a áreas como pesquisa acadêmica e manutenção das instituições.

Também na tarde desta quarta, a Câmara convocou o ministro da Educação para falar sobre o assunto. Entre outras declarações, Abraham Weintraub afirmou que o bloqueio seria responsabilidade do governo de Dilma Rousseff (PT).