Pular para o conteúdo

Brasil sem Neymar é show

Brasil sem Neymar é show

Antes da estreia contra a Bolívia, participei do programa “Esporte em Discussão” na Jovem Pan e disse que a ausência do Neymar na Copa América seria uma ótima oportunidade para Tite e todo elenco. Isso não quer dizer que eu não convocaria Neymar. Sim, eu convocaria Neymar, mas convocaria para ser integrante do elenco e não para ser “dono” do time. Neymar não merece as regalias que papai Neymar exige da comissão técnica. A Seleção não precisa dos problemas extra campo.

Futebol é, antes de mais nada, um esporte coletivo.

Estamos vendo na Copa América jovens talentos como Everton, David Neres, Artur e Richarlyson participando do time e vestindo a camisa pela primeira vez; Gabriel Jesus, Phillipe Coutinho e Firmino ganhando mais espaço em campo, precisando resolver as situações de ataque, sendo protagonistas e não apenas coadjuvantes que ficam jogando em função de uma única estrela.

E cá entre nós, o time sem Neymar fica bem mais querido pelos adversários.

Estou gostando da postura do time, o Brasil está passando uma imagem positiva, sem cai-cai, sem chororô. No clássico contra a Argentina, o time não caiu na provocação, não reclamou da arbitragem apesar das entradas duras. Nada disso, o time colocou a bola no chão, abriu o placar com um golaço após linda jogada de Daniel Alves, se matou em campo na hora da pressão argentina, todos empenhados na marcação, Casemiro, Miranda, Thiago Alves, Marquinhos, Alisson….

Pela primeira vez em muitos anos, me vi torcendo pelo Brasil.

Esse Brasil me representa.

Seria muito bom para Tite e todo elenco ser campeão da Copa América sem Neymar.

Comentários

comments