Pular para o conteúdo

Melo e Kubot conquistam ATP 500 de Beijing

Melo e Kubot conquistam ATP 500 de Beijing

Marcelo Melo e Lukasz Kubot comemoraram na madrugada deste domingo (7) o título do ATP 500 de Beijing, na China, a 11ª conquista da dupla. A final, diante do austríaco Oliver Marach e do croata Mate Pavic encerrou, com grande atuação, uma semana de vitórias. Melo e Kubot – cabeças de chave número 2 – não deram chances aos cabeças 1 e atuais líderes da Corrida dos Campeões, o ATP Finals, vencendo por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, em 1h05min, no National Tennis Stadium. Foi o terceiro título da dupla em 2018 e o 31º da carreira de Marcelo, recordista brasileiro. Um importante passo em busca da vaga entre as oito melhores parcerias do ano, que disputam o Finals, em novembro, em Londres, na Inglaterra.

“Estamos muito felizes por ter conquistado o ATP 500 aqui em Beijing. É mais um título para nós, o 11º como dupla. Hoje foi um jogo excepcional para o nosso lado. Jogamos muito bem, do primeiro ao último ponto. Conseguimos manter o foco, ficamos concentrados na nossa tática de jogo e executamos muito bem. Muito contentes por ter conseguido jogar dessa maneira em uma final. Só fomos crescendo durante o torneio e isso dá muita confiança agora para seguir até o fim da temporada”, comemorou Marcelo.

Agora, Melo e Kubot seguem para a disputa d o Masters 1000 de Shangai,  segundo torneio na China, nesta semana. A sequência da programação, em quadra rápida, neste final de temporada, terá ainda o ATP 500 de Viena, na Áustria, com início no dia 22, e o Masters 1000 de Paris, na França, no dia 29.

A dupla busca confirmar a vaga entre as oito melhores de 2018 na Corrida dos Campeões, o ATP Finals, em novembro. Melo e Kubot estão na oitava colocação, com 3.570 pontos, mas com os 500 pontos conquistados neste domingo devem subir para o sexto lugar na atualização desta semana. Marach e Pavic lideram com 6.590 pontos. No ranking mundial individual de duplas da ATP, Melo divide com Kubot o quinto lugar, ambos com 5.790 pontos.

Comentários

comments