Pular para o conteúdo

Wimbledon, imperdível para os fãs do tênis

Wimbledon, imperdível para os fãs do tênis

Vem aí Wimbledon.

Torneio maravilhoso. Clube mega estiloso. Maria Esther Bueno levou 3 canecos de simples – 1959, 1960 e 1964 – mais 5 troféus de duplas – 1958, 1960, 1963, 1965 e 1966. Total, 8 títulos no Templo Sagrado do Tênis. Nada mal!!!

A maior atleta brasileira de todos os tempos reinou no “All England Club”. Depois dos títulos, foi sempre recebida com tapete vermelho. Era estrela do Last Eight, salão restrito aos oito finalistas do torneio. Fui testemunha do respeito com que  Maria Esther era tratada pelos britânicos. Recebia muito mais reconhecimento do que no Brasil. Como brasileiro, sentia orgulho.

Vi jogos maravilhosos em Wimbledon, Agassi, Sampras, Graf, Serena, Vênus, Guga, Sá…

Esta é uma viagem imperdível para os fãs do tênis mas sempre alertei que a chuva pode ser um inconveniente. Não é fácil pagar em libras e ter a maioria dos jogos cancelados  E ali, quando chove complica. Para jornalistas credenciados é bem mais tranquilo, temos acesso a todas as salas cobertas, banheiros e restaurantes confortáveis.

A visita vale a pena mesmo fora da época do torneio. A região é linda, você leva uma hora de trem do centro de Londres, olhando belas paisagens, depois faz uma caminhada deliciosa pelo bairro, cheio de casas, passeia pela vila de Wimbledon, igreja principal e o parque que é maravilhoso.

Não perca o Museu do All England Club com o incrível acervo do tênis

Fica a dica.

E não esqueça de acompanhar os boletins ” O Melhor do Tênis” na Jovem Pan.

Comentários

comments