Pular para o conteúdo

Nhô Ruim contra Nhô Pior

Erros impressionantes de passes, falhas individuais bizarras, contra um time medíocre como é o Vasco. Foi Nhô Ruim contra Nhô Pior.

 

São Paulo e Vasco fizeram um jogo muito ruim. Era de se esperar pelo nível da maioria dos jogadores, mas não imaginava algo tão feio. O São Paulo que precisava tanto ganhar, teve uma única chance, numa bola parada, quando Rodrigo Caio cabeceou e Fernando Miguel fez uma bela defesa. No mais nada que mereça ser chamado de futebol.

André Jardine mudou a forma de atuar. Agora a equipe tem a posse de bola, coisa que Diego Aguirre não priorizava. Saber o que fazer com essa posse dependia dos jogadores e aí a coisa pegou. Erros impressionantes de passes, falhas individuais bizarras, contra um time medíocre como é o Vasco. Como diziam os antigos, foi Nhô Ruim contra Nhô Pior.

Vasco da Gama e São Paulo são marcas muito importantes para fazerem um jogo ridículo como vimos. As histórias deles foi denegrida pela vergonha em campo. Boa parte dos boleiros não conseguia acertar um passe. E senão conseguem ter o fundamento do jogo, fica difícil chamar aquilo que fazem de futebol.