Pular para o conteúdo

São Paulo chega onde poderia

São Paulo chega onde poderia
André Jardine, técnico do São Paulo FC sub-20, durante treino no CT Laudo Natel, em Cotia (SP).

O São Paulo se classificou para a pré-libertadores, não conseguiu vencer a Chapecoense fora de casa. O saldo é que o time de André Jardine conseguiu o impossível, principalmente por chegar a fase final do campeonato entre os primeiros colocados do Brasileirão.

Ao demitir Aguirre, a diretoria do São Paulo simplesmente jogou fora tudo o que pensava sobre a temporada seguinte. Interrompeu um trabalho que estava começando a ser desenvolvido pelo técnico uruguaio. Se os rumos não estavam do agrado da diretoria e dos torcedores, cabia uma conversa para a troca de rota. Não houve. Muitos reclamavam do sistema de jogo, em várias oportunidades era um time defensivo.

Faltou uma conversa séria com o ex-técnico. Enquanto continuarmos com a mentalidade de atraso de que, simplesmente ao não gostarmos de um trabalho, devemos demitir o treinador, o futebol brasileiro continuará atrasado.

De qualquer maneira, o São Paulo chegou onde Aguirre conseguiu levá-lo. Em 2019, o calendário será maior e o São Paulo precisará de um trabalho com verdadeira sequência.