A apresentadora Rafa Brites, casada com o também apresentador Felipe Andreoli, com quem tem Rocco, de 2 anos, fez um desabafo em seu perfil no Instagram nesta sexta (17).

“Não quero julgar o veículo. Quero falar de mim. Preciso confessar que eu me arrependi. É tão louco como em pouco tempo mudamos tanto. Há 2 anos quando eu fiz, juro do fundo do meu coração: achava que essa imagem incentivaria as recém-mamães. ‘Ei! Olha como podemos amamentar, recuperar o peso, a vida profissional…’Bora’ fazer exercícios, aumentar a auto estima!’. Que engano o meu. Me desculpem. Essa imagem gera uma frustração. Gera uma comparação. O número de mulheres que tem essa facilidade em perder peso é muito pequeno”, escreveu ela.

Rafa comenta a capa para a revista “Boa Forma”, que fez logo após dar à luz. “Essa imagem não motiva. Essa imagem deve ter feito muitas mães se sentirem um lixo. Na minha camiseta está escrito ‘Girls Revolution’. E hoje entendo que a revolução é sobre apoio, sobre sonoridade, sobre aproximação. Essa imagem não me aproxima de ninguém. Ela me afasta. A minha boa forma dessa imagem é meu sorriso e minha habilidade de encaixar meu filho ali naquele lugarzinho da minha cintura, que nós mães somos craques”, explicou A apresentadora disse que errou ao ter “pressa em mostrar para o mundo: ‘olha aqui, uma semana depois, tô magra”, continua.

“Agora eu vejo como isso pode ser nocivo graças ao trabalho de mulheres como a Daiana Garbin, Preta Gil e Mirian Bottan, entre outras. Obrigada por me incluírem nessa revolução através da consciência. Não tenho porquê esconder meu corpo, assim como não tenho o porquê me gabar dele. Eu o amo. Cada pedacinho pois ele tem o mesmo propósito de todos os corpos. Ser a morada de nossas almas”, finaliza.

Reações de famosas

Nos comentários, seguidores da artista também se posicionaram. “Na época, achei que tinha muito photoshop”, diz uma internauta. Já a modelo internacional Isabeli Fontana rebateu: “Você me incentivou positivamente com esse fotão! E ainda mais depois de uma gestação que sabemos que temos que botar a mão na massa para conseguir resultando … aproveitar o processo é aprender com as frustrações que passamos diariamente e sempre nos manter focados para uma autoestima boa ! Assim como a vida … um processo pra tudo sem só olhar pro resultado final”.

A influencer Miriam Bottan, que defende o movimento de aceitação do corpo independentemente da forma física, comentou: “Que texto lindo, Rafa, isso é cura! Cura e força pra você e pra todas as mulheres que te acompanham nesse novo momento e nessa reflexão. Muito honrada e feliz de ter participado de alguma forma desse processo, obrigada pelo carinho!”.

View this post on Instagram

Pois então, sabe essa capa ai? Linda né? Fofa né? Uma revista de credibilidade. Muita informação bacana. Profissionais sérios. Não quero julgar o veículo. Quero falar de mim. Preciso confessar que eu me arrependi. É tão louco como em pouco tempo mudamos tanto. Ha 2 anos quando eu fiz , juro do fundo do meu coração : achava que essa imagem incentivaria as recém mamães . Ei …Olha como podemos amamentar, recuperar o peso, a vida profissional…Bora fazer exercícios, aumentar a auto estima! Que engano o meu. Me desculpem. Essa imagem gera uma frustração. Gera uma comparação. O número de mulheres que tem essa facilidade em perder peso é muito pequeno. O número de mulheres que saem de uma gravidez livres de estrias, peitos em pé é quase nulo. Que podem fazer drenagem linfática no pós parto… é irreal. Essa imagem não motiva. Essa imagem deve ter feito muitas mães se sentirem um lixo. Na minha camiseta esta escrito GiRLS REVOLUTION!!! Caraca hoje entendo , a revolução é sobre apoio, sobre sonoridade, sobre aproximação. É sobre aceitação. Eu como uma influenciadora deveria ter percebido isso: Essa imagem não me aproxima de ninguém. Ela me afasta. A minha boa forma dessa imagem é meu sorriso e minha habilidade de encaixar meu filho ali naquele lugarzinho da minha cintura, que nos mães somos craques. É estar com a cabeça boa, ultrapassar o baby blues… Claro se for a sua, perder os quilinhos. Legal. Vai la. Mas se não for a sua,isso não te faz uma mulher menos gostosa e linda. Importante cuidar da saúde. Pra mim é fundamental. Mas isso nao esta ligado a uma barriga chapada. Eu vejo outras recém mães fazendo o que eu fiz, uma pressa em mostrar para o mundo… olha aqui uma semana depois to magra. Um mês depois tô de biquini perfeita. Agora eu vejo como isso pode ser nocivo graças ao trabalho de mulheres como a @garbindaiana @pretagil @mbottan entre outras. Obrigada por me incluírem nessa revolução através da consciência. Como é bom aprender e despertar! Não tenho porquê esconder meu corpo, assim como não tenho o porquê me gabar dele. Eu o amo. Cada pedacinho pois ele tem o mesmo propósito de todos os corpos. Ser a morada de nossas almas. #textou

A post shared by Rafa Brites (@rafabrites) on

Paty Moraes Nobre

https://jovempan.uol.com.br/guiasp

Jornalista e agitadora cultural, atuou como repórter em rádios como Jovem Pan e Band, videorrepórter na TV Cultura, editora de notícias, lifestyle, TV e Cultura nas empresas Globo.com, Editora Globo, Caras e Portal iG. Casada e mãe, escreve sobre gastronomia no Portal UOL, é colunista da Exame Vip, da Editora Abril, e coordenadora das plataformas Mulheres da Pan e Revista Guia SP, da Jovem Pan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *