Um novo vídeo da Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves está causando polêmica na internet. O discurso aconteceu em abril do ano passado, em Divinópolis (MG). Damares foi convidada para a Palestra em Defesa da Família, promovida pelo Centro de Formação Missão Maria de Nazaré. O trecho foi por diversos perfis, entre eles, o do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta.

“Eis o pensamento de uma ministra de estado dos Direitos Humanos. Disseminando ódio e preconceito contra um segmento social que já enfrenta todo tipo de estigma e preconceito”

Em resumo, a princesa Elsa, personagem principal do filme Frozen, da Disney, termina sozinha em um castelo de gelo porque é lésbica.

“Sabe por que ela [Elsa] termina sozinha em um castelo de gelo? Porque é lésbica! O cão está muito bem articulado e nós estamos alienados”. No fim, ela afirma que Elsa “vai acordar a Bela Adormecida com um beijo gay”.

“Isso aqui é muito grave. Eu fui menina e sonhei em ser princesa. Sonhei com meu príncipe encantado. A gente tá abrindo uma brecha na cabeça da menina de três anos sonhar com princesa. Isso daqui é indução”

Muitas pessoas repercutiram o vídeo de Damares, entre elas, Xuxa:

“Pensei, falo não falo , falo não falo( resolvi falar) estamos vivendo um momento onde TODOS tem voz, todos… Vivemos um momento que falam muito sobre liberdade de expressão…. mas meu D E U S onde o mundo vai parar com tanta ignorância, falta de respeito com as escolhas ou condições das pessoas????… onde esta o RESPEITO pelo ser humano? Como permitem certas coisas? ( se me calasse estaria permitindo tb)já vi pessoas interpretarem , bíblia, poesias, quadros de diversas formas… mas desenho animado???”

Anitta foi comentar e levou indireta:

 

 

A própria Damares também respondeu ao vídeo em sua página do Instagram:

“Fui surpreendida com mais esta polêmica que tem como base, novamente, uma pequena parte recortada de um vídeo que foi gravado durante uma de minhas palestras na igreja. Minha crítica é conhecida de todos, eu critico é a tentativa de interferência dos ideólogos de gênero na identidade de nossas crianças. Vai um recado: Criança não namora! Criança brinca e estuda. Minha posição é contrária principalmente contra a erotização e adultizaçäo de crianças. Deixem nossas crianças serem crianças! Que estudem e brinquem sem que ninguém as incentivem a pular fases”

 

Então surgiu uma outra questão: Elsa é gay? Assim como mostra o post da ministra, é verdade que Jennifer Lee, codiretora da animação da Disney, já falou sobre o tema e que muitos fãs torcem para que na sequência da saga, que chega aos cinemas em novembro, Elsa apareça com uma namorada.

“Eu amo tudo o que as pessoas estão dizendo e pensando sobre o nosso filme – que está criando um diálogo, mostrando que Elsa é uma personagem maravilhosa que fala para tantas pessoas. Significa o mundo para nós que fazemos parte dessas conversas”.

Quando o sucesso Frozen foi lançado em 2013, mostrou através da figura de Elsa, uma rainha poderosa por si só, que não precisava de um rei ao seu lado. E sim, isso já havia acontecido em Valente. Assim, surgiu na internet um movimento através das tags #MakeElsaGay (faça Elsa ser gay) #GiveElsaAGirlfriend (dê a Elsa uma namorada) para que a personagem fosse a primeira princesa Disney lésbica. Let It Go, que faz parte da trilha sonora da animação, virou até  hino na comunidade LGBTQ por celebrar a liberdade.

Frozen 2 chegará aos cinemas cinco anos depois do lançamento do primeiro filme. Evan Rachel Wood entrou para a equipe de dublagem e muito provavelmente interpretará uma menina que domina as forças do outono. Teve gente já na torcida de que ela seria a namorada e Elsa, já outros acreditam que o filme vai tratar dos pais de Elsa e Ana mais jovens, então a personagem seria apenas a mãe delas mais nova e Sterling K. Brown dublaria a versão jovem do pai.

 

Direto do Sofá: 15 anos sem Friends com Alvaro Leme GoT: eu gostei do penúltimo episódio ( SPOILER)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.