Começando com cinema nacional para toda família, que leva para o cinema os personagens adoráveis dos quadrinhos de Maurício de Souza sob a batuta do diretor Daniel Rezende (Bingo). Pude assistir ao filme, bem acompanhada dos meus filhos de 5 e 7 anos, e saímos do cinema com o coração quentinho, preenchido de saudosismo ( pra mim) e emoções ligadas à amizade. O elenco infantil Cebolinha (Kevin Vechiatto), Mônica (Giulia Benite), Magali (Laura Rauseo) e Cascão (Gabriel Moreira) é um acerto. Paulo Vilhena, como Sr. Cebola, Monica Iozzi, como a mãe de Mônica, e Rodrigo Santoro, que vive o Louco, também estão muito bem. Na trama, sequestram o cachorro Floquinho, o que faz com que Cebolinha e Mônica deem um tempo nas disputas para resolverem esse desaparecimento junto de toda turminha.

Imagens bem lindas e trilha sonora caprichada fazem do filme um alento para tempos sombrios. Não deixem de assistir! E se você sair do cinema feliz, como eu fiquei, ainda vai comemorar o que disse Daniel Rezende, diretor do filme, em recente entrevista coletiva:

“Estamos trabalhando numa continuação. Queremos fazer e vai rolar se o resultado deste filme for bom”

Parece que há interesse me fazer adaptações de outros personagens como Chico Bento, Penadinho e Astronauta.

Já que estamos começando com as dicas para as crianças, vamos para Pets 2. Se no primeiro filme, lançado em 2016, acompanhamos o nascimento da amizade entre Max e Duke, e ainda descobrimos mais sobre as vidas dos nossos animais de estimação quando saímos de casa todos os dias, agora a trama se amplia quando a dona dos cães tem um filho. Claro que isso muda muito da dinâmica dos cãezinhos, principalmente para Max, que se torna superprotetor em relação ao garotinho. Pelo trailer, a agente percebe que será abordado as questões psicológicas, que podem acometer também nossos bichinhos.

Fechando com terrorzinho? Annabelle 3 – De Volta Para Casa chega aos cinemas ainda na onda da franquia de sucesso que explora os feitos do casal de investigadores paranormais. Assim, temos Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) que acabam deixando a filha ( McKenna Grace), que também tem lá suas visões, sob os cuidados de uma curiosa babá … Acontece, que no mesmo local, quem está hospedada, ali na sala dos artefatos amaldiçoados? A maligna boneca Annabelle.

Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados: estudos sobre vantagens de atletas trans ainda são inconclusivos Uma foto. Enorme tristeza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.