Quem se lembra de Nelma Kodama? Amante  Alberto Youssef por nove anos, depôs na CPI da Petrobras em 2015 e chamou a atenção ao explicar sua relação com o doleiro cantando trechos da canção Amada Amante, de Roberto Carlos.

Nelma foi condenada a 14 anos de prisão por lavagem de dinheiro, organização criminosa, evasão de divisas e corrupção ativa, e hoje vive com uma tornozeleira na perna direita. A doleira foi solta por Sergio Moro, há seis meses, e acreditem: agora a posta numa linha talk show em vídeos postados nas redes sociais. Um das publicações data de 13 de setembro, quando saindo da 12ª Vara Federal, em Curitiba, chamou um carro , e no melhor estilo Taxi do Gugu pode bater um papinho informal com o motorista, que era José Luiz Boldrini, comparsa do doleiro Alberto Youssef, e que com ele foi condenado por Moro por envolvimento em uma organização criminosa, naquele caso do rombo de 2,5 bilhões de reais no Banestado. Taca o play no vídeo recuperado pela Veja:

Assunto do momento, essa tal de Lava Jato foi pauta da “entrevista”. Boldrini discorreu:

“Doleiro não tem culpa de nada. Só fez o transporte do negócio. Quem roubou, quem fez a malandragem foram os políticos. Esses têm mais é que se ferrar”

E claro que o “entrevistado” não perdeu a oportunidade de acarinhar o ego da entrevistadora, quando deixou claro sua preferência por ela, quando palpitou na hipótese se Youssef voltar para alguma de suas ex mulheres ( Joana D’Arc da Silva, Taiana Camargo ou ela mesma). Teve de tudo, até merchan com direito a número de celular e pedido subliminar de pontos de companhia aérea.

Mas Nelba também gosta de entrevistar anônimos, como o motorista Rodrigo, com quem ela falou sobre a crise e a estratégia de se tornar motorista para poder ter seu sustento:

Eu vou de Uber

Uma publicação compartilhada por Nelma Kodama (@nelma_kodama) em

Também teve um momento Ana Maria Braga, quando ela entrevista o chapeiro de um restaurante, que lhe prepara um misto:

A Veja detalha o conteúdo de outros vídeos do reality. Que também tem emoção e agradecimentos:

Obrigada a todos👩‍👩‍👧‍👧

Uma publicação compartilhada por Nelma Kodama (@nelma_kodama) em

Em outro momento, Nelma conta que teria encontrado Youssef por acaso em um restaurante de comida por quilo, na Vila Nova Conceição:

“Eu estava sentada à mesa almoçando, quando ele passou na calçada e me viu pela janela. Entrou, mas eu gritei: ‘Não se aproxime!’. Ele recuou, deu uma risada e saiu. Imagina se o pessoal lá de Curitiba nos visse pelo sistema de tornozeleira que estávamos perto um do outro”

Em outra sequência Nelma faz piada quando entra em uma farmácia à noite com o seu cachorro, diz o segurança ficou de olho nela:

“Daqui a pouco, o gerente vai perguntar se eu sou assaltante. Gente, eu tenho cara de criminosa? É claro que não!”

Como se não bastasse, fala de si como uma Cinderela que vai virar abóbora, já que está quase perdendo prazo do regime aberto que cumpre, no qual pode ficar na rua das 6h às 22h. E tem mais vídeos, como um que de acordo com a Veja foi apagado. Imaginem a cena: enquanto caminha na rua, a doleira é surpreendida pela passagem de um carro da polícia com a sirene ligada. A piada?

“Gente, já me descobriram aqui?”

Existe a promessa para os seguidores de um vídeo tutorial, onde a doleira vai explicar como conseguiu esconder na calcinha 200 mil euros, motivo inclusive da  sua prisão em 2014. Agora, #ficaadica: se for mesmo pra apostar em áudio visual, Nelma deveria se dedicar a escrever o roteiro dessa história de ambição e corrupção, que começou em 2000 e a amarrou a Youssef. Seria pelo menos mais discreto, do que explorar a vida de ex detenta nas redes sociais. E talvez até bem mais lucrativo. Imaginem só a trama desse encontro que envolve negócios ilícitos, crimes, paixão e vingança! Pois é, porque Youssef é quem terminou a relação, o que fez com que a “amada amante” se mobilizasse em um ataque jurídico para transformar a relação extraconjugal em união estável, e claro que embolsar metade dos bens do doleiro e uma gorda pensão alimentícia. Não rolou, e Nelma passou a cobrar no mundo do câmbio negro uma dívida de 20 milhões de dólares que Youssef teria com ela. Fiz até minhas apostas em quem poderia interpretar a protagonista:

Só tenho a agradecer a linda vida que vivi ate aqui!!! Infinitas e únicas experiências, cultivando amor, grandes amigos, trabalhos incríveis, experimentando a vida da forma mais leve, doida, divertida, profunda, deliciosa e especial! AMANHÃ é meu NIVER !!! Nova etapa vindo aí! Muito obrigada universo, muito obrigada família, amigos da vida, amigos virtuais! Amanha dia da arvore, dia internacional da paz … é meu dia também!!! Hoje agradeço, amanhã faço meus pedidos 😉! 💫 Thank you my beautiful life I lived here! Infinite and unique experiences, cultivating love, great friends, incredible jobs, experiencing life in the lightest, crazy, fun, deep, delicious and special way! Tomorrow is my birthday !!! New step coming! Thank you very much universe, thank you family, life friends and virtual friends! Tomorrow is the day of the tree, international day of peace … it’s my day too !!! Today I thank you, tomorrow I make my requests 😉!🕊⚡️#vidalinda

Uma publicação compartilhada por DANNI SUZUKI (@danisuzuki) em

❤️❤️🇵🇹

Uma publicação compartilhada por Sabrina Sato (@sabrinasato) em

I am perfectly imperfect! 🌹🌹🌹

Uma publicação compartilhada por Carol Nakamura (@carol_nakamura) em

OJ Simpson deixa a prisão RIP Tom Petty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.