Avisando mais uma vez: SPOILERS!

Depois de dois anos de espera, digamos que o pessoal estava uns dois níveis a mas do que muito ansioso para receber o primeiro episódio da oitava e última temporada de Game Of Thrones. Claro que depois do final do episódio rolou aquele chororo de “queria mais”, mas na minha modesta opinião, a série voltou como tinha que ser: colocando a bola no chão, mapeando os acontecimentos para depois largar a mão nas batalhas que sabemos, estão por vir.

Alguns encontros muito aguardados aconteceram já no primeiro episódio. Sansa e Daenerys não se bicaram de cara. Sansa passou todo o inverno juntando provisões para o exército previsto, e com a chegada dos súditos e dos dragões, além de uma rainha nova, ela se vê claramente desconfortável. Questiona Jon sobre abrir mão da sua liderança em prol da herdeira Tagaryen.

 Jon e Arya, meus favoritos, puderam ter privacidade para uma abraço sincero e uma boa conversa. Jon preocupado com a desconfiança de Sansa em relação à Daenerys, e Arya basicamente dizendo que confia no tino da irmã, pedindo para que ele tome conta de sua família [Starks] .

Também aguardava o reencontro de Arya com o Cão. Foi breve, com poucas palavras. Ele cobrando o abandono, mas reconhecendo a força da pequena guerreira. E vocês perceberam que pode rolar um crush na vida de Arya?

Mas vamos para uma das maiores polêmicas da noite? Quando Jon e Dany partiram para um voo duplo, cada um montadinho no seu dragão. Teve gente ( eu) que lembrou de história sem fim, alguns relembraram da animação Como Treinar o Seu Dragão. Depois, aterrissaram e se beijaram tendo como pano de fundo, uma cachoeira. Brega? Foi o que alguns dissera. Mas o bacana mesmo foi a reação dos dragões, claramente enciumados da mama. Os conselheiros de ambos já conspiraram sobre casar os dois, mas na mesma conversa também entendem que isso é papo de velho.

https://twitter.com/RealitySocial/status/1117603077681549312

https://twitter.com/RealitySocial/status/1117601850621071360

Os momentos mais interessantes desse episódio aconteceram em encontros com Sam. Daenerys é levada ao rapaz para conhecer quem curou seu fiel Sir Jorah. Mas a cena toma uma rumo inesperado quando friamente a rainha revela que executou o pai e o irmão do rapaz, deixando o mesmo como último dos Tully.  O que Tyrion tentou fazer durante o fim da última temporada talvez tenha se justificado no desconforto desta cena: Sam, a pessoa mais do bem da série sofrendo por uma decisão tirana da rainha que finalmente então enfrenta o resultado emocional de tudo isso.

Quando Sam encontra com Jon, já muito entristecido por descobrir que perdeu sua família por mando de Daenerys, a série prova que não vai enrolar nos acontecimentos e joga as verdades na cara de Jon, que se não sabia de nada  [you know nothing, Jon Snow], agora está por dentro de toda sua árvore genealógica. Jon é Aegon Targaryen, filho do amor de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen. Ex bastardo, e agora herdeiro por direto ao Trono de Ferro, Snow termina o primeiro episódio confuso sobre o que fazer com essa informação. A questão de estar in love com a tia nem bateu.

Para situar os times, também tivemos a recuperação de Yara Greyjoy, em uma missão orquestrada por Theon. O cara, que vem mostrando que pode recuperar força decide regressar ao Norte para lutar ao lado de Jon. Justo. Torço por você, Theon. Outro Greyjoy está solando na série. O odiável Euron intimou Cersei, que parecia que ia negar fogo, mas depois se deitou com o nosso novo vilão favorito.

E Bran? Garoto, no que você se transformou! Uma verdadeira assombraçãozinha sem coração. Já começa cortando os cumprimentos entre os recém chegados à Wintefell, mandando um “não temos tempo” e depois faz apenas o olhar ala corvo de três olhos para Jamie, que fecha o episódio chegando à Casa Stark (como no primeiro episódio).

Opa. E não esqueçam que os mortos estão chegando!

E no próximo episódio? O encontro de Daenerys com Jamie e a real aproximação dos mortos:

Confira nossas teorias para o final da série:

 

O que eu quero que aconteça no fim de GoT Coachella para quem não foi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.