Pular para o conteúdo

Um terço das grávidas não tem alimentação saudável, diz pesquisa

Um terço das grávidas não tem alimentação saudável, diz pesquisa

Apesar de conhecerem a importância de uma alimentação equilibrada, muitas grávidas não conseguem adotar práticas adequadas. É o que revela uma pesquisa feita pelo Ibope Conecta, com 500 gestantes em todas as regiões do país.  Segundo a pesquisa, 31% das gestantes afirmaram não seguir um cardápio equilibrado.  Em São Paulo, esse índice fica em 34,5%. Mas no Nordeste essa é a realidade de metade das grávidas.

Por outro lado, o estudo revelou que a gestação trouxe mudanças positivas na alimentação para 38%, como maior consumo de frutas e verdura (77 % deste universo).  E 31% iniciaram ou aumentaram a ingestão de alimentos integrais.

“Essa pesquisa reflete, em parte, falta de acompanhamento adequado durante da gravidez. Não é só tomar ácido fólico e ferro. Outros nutrientes são necessários, e não é só os que vêm pela alimentação”, afirma Eurico Correia, diretor médico da Pfizer no Brasil.

A nutricionista  Tamara Lazarini, diretora das áreas médica, científica e regulatória de Nutrição Infantil da Nestlé, lembra que a mulher precisa estar em equilíbrio nutricional durante a gravidez. “Outras vitaminas, como B12, D, A, K, B6, zinco também são importantes nesse período”, diz a nutricionista.