Pular para o conteúdo

Já mediu sua pressão arterial hoje?

Já mediu sua pressão arterial hoje?

Nesta sexta-feira,  26 de abril, é dia para alertar sobre a hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta. E se você acha que a doença cardiovascular avisa que está presente com dor de cabeça forte, tontura, náuseas, saiba que ela muitas vezes chega silenciosa. E não tratada corretamente pode matar, de infarto ou de acidente vascular cerebral (AVC).

Você já mediu sua pressão? Quando foi a última vez? Já se consultou com um cardiologista? Se respondeu “NÃO” para pelo menos uma dessas perguntas, aqui vamos explicar o porquê delas.

Não são poucos os brasileiros hipertensos: 30 milhões, segundo dados do Ministério da Saúde.

“Hipertensão é uma condição clínica caracterizada pela elevação dos níveis da pressão arterial no sangue maior ou igual a 140 X 90”, explica o cardiologista Cleber Mazzaro, do Centro Cardiológico do Hospital Brasil, que lista alguns fatores de risco importantes:  obesidade, histórico familiar (filhos de pais hipertensos), doença renal, estresse, sono irregular, tabagismo, alto consumo de sal e diabetes.

A pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo e isso se intensifica no caso de obesos, um dos grupos mais propensos a desenvolver. “O excesso de peso, aliado ao sedentarismo e má alimentação de produtos altamente gordurosos e ricos em sal, são fatores de alto risco para o hipertenso”, diz a cardiologista  Rica Buchler,  coordenadora da cardiologia do Salomão Zoppi, laboratório da Dasa.

A hipertensão, na sua grande maioria, não é curada. É tratada e controlada com medicamentos. “O uso dos remédios é constante. E a consulta ao cardiologista, frequente”, diz Mazzaro. O controle regular é a melhor maneira de verificar possíveis riscos.

Lucas Silva Possebon, especialista em cirurgia cardiovascular da SulAmérica, lembra que “adotar hábitos de vida saudáveis desde a infância e a adolescência reduz as chances de desenvolver hipertensão”. Portanto, de olho no prato dos seus filhos, ok?

 

 

EVITE A DOENÇA!

– Aferir a pressão arterial anualmente em todas as pessoas acima de 18 anos;

– Praticar atividades físicas regulares, como caminhada de 30 minutos ao dia pelo menos cinco vezes durante a semana;

– Evitar consumo de álcool em exagero;

– O consumo de sódio deve ser moderado. O ideal é que os alimentos, como carne, por exemplo, sejam temperados um dia antes e, de preferência com temperos naturais como limão, alho e ervas finas. Evite temperos prontos, como molho shoyu, caldo de galinha, sopas industrializadas, tempero para macarrão instantâneo. Um tablete de caldo de carne ao dia ultrapassa a recomendação máxima diária de sódio.

– Durma bem. Durante a fase profunda do sono são produzidos alguns hormônios que atuam diretamente na regulação da pressão arterial