Pular para o conteúdo

Histórias da bola: Gafe da festa do penta em 2002

Histórias da bola: Gafe da festa do penta em 2002
Ricardo Corrêa/Placar
Essa história é minha mesmo, do Velho Vamp. Após o término da Copa do Mundo e aquela euforia toda, jantamos e fomos para Tóquio. Na van, fui junto com o Kaká e o Kléberson. Chegando lá, o pagode rolando,...

Histórias da Bola: Clodoaldo ria só de pensar que jogava no Corinthians

Histórias da Bola: Clodoaldo ria só de pensar que jogava no Corinthians
Clodoaldo (de costas), Lulinha, Everton Santos e Vampeta durante treino no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press
Em 2007, Clodoaldo foi contratado do Criciúma para resolver os problemas do ataque do Corinthians, que era um dos piores do Campeonato Brasileiro. O time não ganhava de ninguém e estávamos no caminho do rebaixamento. Naquele elenco, ainda tínhamos...

Histórias do Vampeta: Os “santinhos” do Morumbi

Histórias do Vampeta: Os “santinhos” do Morumbi
Reprodução
Os goleiros sempre chegam mais cedo nos treinos. Então, por exemplo, se o treino estava marcado para às 10h, eles chegavam às 09h. O Dida já chegava logo 07h para não falar com ninguém (risos). Mas, hoje, queria lembrar...

Histórias do Vampeta: Domingos e a sua elegância

Histórias do Vampeta: Domingos e a sua elegância
Divulgação
Eu, Domingos, Liédson e Obina somos todos da mesma região na Bahia. Quando chegamos lá, nos juntamos e formamos o famoso baba, né. Todo mundo colocou a chuteira e o Domingos falou assim: ”Pô, vocês jogam bola o ano...

Histórias do Vamp: O meu primeiro comercial

Histórias do Vamp: O meu primeiro comercial
Reprodução
Quando eu ainda estava jogando, fui fazer propaganda para uma empresa de móveis que patrocinava o Corinthians. Daí, sai do treino e me disseram: ”Vampeta, você vai ter que gravar para a televisão e vai apresentar uma sala, uma...