Pular para o conteúdo

Tite e a escolha de palavras…

Tite e a escolha de palavras…

 

Saiu a primeira convocação da seleção brasileira, depois do último Mundial.
Quem me acompanha sabe que eu esperava” no mínimo 10 nomes diferentes” em relação aos 23 atletas que foram para a Rússia.
E foi o que aconteceu.
Já sabemos qual foi a explicação do professor Tite sobre essa mudança.
Com elegância , ele elogiou os ausentes e fez mais uma defesa de Neymar.
Compreendo a posição do treinador.
Ele , certamente, não pode dizer tudo o que pensa…
E em alguns casos , mudar de opinião seria reconhecer falhas importantes.
Na minha opinião, mudou bastante porque ficou decepcionado com vários jogadores que ele convocou e confiou.
Arrisco dizer que se nos amistosos a presença de Neymar não fosse “obrigatória” para justificar as boas cotas, até Neymar receberia um “descanso” .
Quando surgiu a pergunta sobre a presença de familiares e amigos na concentração, Tite disse que todos os jogadores e seus familiares aprovaram o sistema adotado.
É verdade.
Estranho teria sido algum tipo de reprovação.
Tite sabe que a franqueza não consiste em dizer tudo o que se pensa.
A vida exige que se escolha palavras…

Comentários

comments