Pular para o conteúdo

GUARDIOLA, O DECADENTE…

GUARDIOLA, O DECADENTE…

A Liga dos Campeões é um espetáculo.
Ela permite uma espécie de visão poética.
Aprendemos que poesia é aquilo que comove.
É quase impossível não despertar sentimentos.
Não cabe insensibilidade.
Futebol é arte.
Existem conjuntos medíocres, normais e aqueles raros que fazem os olhos verem o mundo colorido.
Olhar e se inspirar.
Aquilo que foge do comum e ingressa no caminho do sublime .
Tottenham e Manchester City chamaram e prenderam a atenção.
Pocchettino continua na competição mais admirada do mundo.
Guardiola não foi para a seleta semifinal .
Um jogo que termina 4 a 3 , esbanjando qualidade, emoção e alternativas surpreendentes , acompanhado por milhões de pessoas no mundo deveria ser exemplo a ser seguido e aplaudido.
Quando estava me preparando para falar de licença poética…leio um comentário sobre a “decadência” de Guardiola…
Parei…

Comentários

comments