Pular para o conteúdo

SÃO PAULO : O novo treinador precisa ser um super herói

SÃO PAULO : O novo treinador precisa ser um super herói

O que passa pela cabeça de um treinador que vai assumir o futebol do São Paulo?

Ele sabe que vai trabalhar num clube com uma rica história e com milhões de torcedores.

Isso é verdade.

Mas, estará num posto de altíssimo risco.

O retrospecto dos últimos anos mostra isso.

Estará pisando num campo minado.

Tomara que aquele que for contratado consiga fazer todo o  percurso sem pisar em algum detonador.

Seja quem for o novo eleito , para permanecer por longo tempo no cargo terá que ter virtudes de um super-herói , excluindo corpo à prova de bala e capacidade de voar….

Até o professor Guardiola sabe que são os resultados que “seguram” o treinador.

Tudo bem…sei que que com o treinador do Manchester City o grau de paciência é enorme. E com justiça.

Mas, continuo achando que o trabalho do treinador é levar o seu time até bem perto do gol adversário.

À partir , digamos, da grande área a definição está nos pés dos jogadores.

Claro, existem as jogadas ensaiadas e que podem em resultar em gols.

Mas, sempre depende dos jogadores.

Se a maioria dos comandados não mostrar comprometimento, aplicação, entusiasmo e…….eficiência, não tem jeito.

Recuando algumas rodadas no tempo, estatísticas mostravam que em três jogos o São Paulo chutou 55 vezes aos gols adversários.

Só 17 arremates foram no alvo e o time  conseguiu fazer só um gol.

Com esse poder de fogo é difícil um treinador resistir…

 

 

 

Comentários

comments