Pular para o conteúdo

Se tem cadeira , é para sentar

Se tem cadeira , é para sentar

A Libertadores da América já tem início marcado para o fim de janeiro e já é conhecido o Regulamento de Segurança da Conmebol para as competições de 2019.

O texto trata , entre outros pontos, sobre proibições e condições de entrada e permanência do público e está previsto a exclusão de bandeiras manuais de 1.5m por 1m, ‘bandeiras gigantes’, faixas, tecidos, banners e muito mais.

Tudo precisa ser implementado até 2021 e vale para a Libertadores e Sul-Americana.

A CONMEBOL vai obrigar , também, um serviço eficiente de WI-FI nos estádios.

Nas últimas horas, a maior discussão sobre as novas regras é a exigência para que os torcedores adquiram suas entradas apenas por meio digital e com lugares marcados.

E proibir que em setores com cadeiras os torcedores assistam às partidas em pé.

Parece óbvio, né? Se tem cadeira, é para sentar.

Mas, são muitos os protestos.

Alguns especialistas consideram que existe uma predisposição para o fim das chamadas “gerais” dos estádios e instalar apenas cadeiras.

Acho que não chegaremos tão já em estádios apenas com cadeiras.

Mas, acho boa e justa a decisão de onde tem cadeiras, o torcedor sentar.

Se eu estivesse sentado na fileira de trás não gostaria de ter alguem em pé na minha frente.

Simples assim…

Comentários

comments