Pular para o conteúdo

SELEÇÃO: o deserto atrapalhou

SELEÇÃO: o deserto atrapalhou

 

 

 

 

 

O deserto atrapalhou.
A seleção do Brasil não convenceu nos jogos que realizou na Arábia Saudita.
Após as partidas que renderam um dinheirão para a CBF , uma das explicações pelo baixo desempenho foi o calor úmido.
Não é fácil mesmo jogar perto do deserto ou do ar quente que chega trazido pelo Mar Vermelho.
A turma da seleção deveria saber que a estação mais fresca por lá está entre a segunda quinzena de novembro até a primeira quinzena de março.
Só não vale reclamar da temperatura elevada e da umidade, depois de um rendimento abaixo do esperado por quase todo mundo.
Antes do período passado na Arábia a seleção jogou duas vezes em Londres, com temperatura de 15* graus. E tambem não agradou.
Quando a seleção entra em campo ela fica exposta a análises depois das suas apresentações.
Então, óbvio, precisa avaliar melhor com quem vai jogar, onde será jogo e qual o valor técnico que a partida poderá agregar.
Uma seleção importante , além de tentar jogar bem sempre, tem a obrigação de cuidar da sua imagem.
Quando uma partida da seleção termina, a CBF deveria consultar o consumidor presente aos estádios pelo mundo com uma pergunta simples : “Gostou do que viu ?”

Comentários

comments